Com a compra da Fox pela Disney, o futuro de "Os Simpsons" pode estar ameaçado

Por Redação | 18 de Dezembro de 2017 às 19h01

No ar desde 1989, a série de animação Os Simpsons pode estar com o futuro ameaçado por conta da compra da Fox pela Disney. Isso porque agora os estúdios Disney passarão a controlar algumas das produções de maior renome da Fox, incluindo esta que vem enfrentando problemas recentemente relacionados à queda de audiência e avaliações negativas da crítica.

O contrato para a produção da série acaba ao final de sua 30ª temporada, programada para o ano de 2020, e, no momento, ainda não se sabe se o documento será renovado, ainda que Os Simpsons seja uma série premiada e aclamada pelo público, sendo o primeiro grande sucesso da Fox.

Talvez isso realmente aconteça pelo fato de que a Disney não encarará a série com o mesmo apelo emocional da Fox, que cresceu junto à produção ao longo de três décadas, ainda que um cancelamento possa repercutir negativamente no mercado. Mas, não se pode descartar essa possibilidade e, para isso, basta lembrar um pouquinho do passado recente.

Em 2006, quando a Disney adquiriu a Pixar, a companhia adotou uma nova estratégia de negócios, sendo que o direcionamento de suas produções mudou bastante, agradando a um novo público, mas deixando toda uma outra parcela de fãs decepcionados. Sendo assim, uma vez que Os Simpsons não é mais tão inovadora quanto antigamente, ainda que mantenha a popularidade, pode-se imaginar que a Disney passe a investir mais na marca "Simpsons" do que em novos episódios propriamente ditos.

Isso pode significar incluir os membros da família Simpsons e seus colegas em parques temáticos da Disney, por exemplo, como aconteceu com o filme Avatar. Robert Iger, diretor da The Walt Disney Company, declarou que "há uma grande quantidade de propriedade intelectual da Fox que se encaixa muito bem nos serviços diretos para consumidores da marca Disney", reforçando essa ideia.

Ainda, a Disney é proprietária de 60% do serviço de streaming Hulu. E Iger chegou a declarar que que "há muitos produtos que acreditamos que serão de grande utilidade para o crescimento do Hulu, mais orientado para adultos". Como Os Simpsons é uma produção voltada justamente para o público maior de idade, isso pode ser outro indício de que a série possa constar exclusivamente nessa plataforma em um futuro próximo.

Com tudo isso em mente, faz sentido que a Disney decida dispensar a equipe repleta de animadores, escritores e produtores que fazem Os Simpsons continuar existindo, dando fim ao andamento de novos episódios, e partindo para o uso da marca "Simpsons" outras maneiras, que podem se mostrar mais rentáveis à companhia do que a exibição de novos episódios.

Fonte: Polygon

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.