Chinês vence máquina de inteligência artificial em competição

Por Redação | 07.07.2016 às 23:50
photo_camera Xian Evening Post

Os chineses são muito bons em promover competições. Em uma delas, o desafio era ver quem se saía melhor no reconhecimento facial: o homem ou a máquina. E, para surpresa de uns, o vencedor foi Wang Yuheng – o homem.

O concorrente de Wang foi Mark, o sistema de Inteligência Artificial da Alipay, o maior serviço de pagamento digital chinês. De acordo com os desenvolvedores – uma empresa chamada Megvii – a porcentagem de sucesso no reconhecimento facial da máquina é de 99,5%, ultrapassando a registrada pelo ser humano.

Yuheng já era conhecido na China por sua memória fotográfica e por ter participado do programa "The Brain", que reúne desafios complexos de memorização e atenção. Neste programa de TV, o chinês conseguiu identificar um copo específico de água dentre outros 520. A memória dele é tão boa que ele inclusive já ajudou a polícia local a solucionar um caso de batida de carro seguida de fuga extraindo "pistas escondidas" de uma filmagem de câmera de segurança. E tudo graças a sua excepcional habilidade de observação.

Mas o chinês elevou a jogo a um outro nível. Após concluir os dois primeiros níveis de competição, o software Mark foi derrotado. A tarefa era ligar mulhers às suas fotos de infância.

Agora os desenvolvedores disseram estar trabalhando para melhorar o Mark, mas ele (e outros empreendimentos de mesmo tipo) possui uma boa estimativa para o futuro, pois o mercado global de reconhecimento facial pode chegar a US$ 20 bilhões em 2025.

Fonte: QZ.com