Netflix não deve renovar contrato com a Viacom e conteúdos podem ser cancelados

Por Redação | 23 de Abril de 2013 às 20h13

O CEO da Netflix, Reed Hastings, anunciou para seus investidores que a empresa não deve renovar o contrato com a Viacom, que vence no próximo mês. Conteúdos do Nickelodeon, BET e MTV podem ser cancelados junto com o contrato.

Porém, o serviço de streaming está negociando com a empresa a possibilidade de licenciar alguns programas específicos oferecidos pela Viacom. A mudança reflete os esforços do Netflix para se concentrar na produção de conteúdo próprio e exclusivo.

Além disso, recentemente, o serviço adicionou à sua programação conteúdos da Disney, Cartoon Network e da DreamsWorks, o que proporcionou um aumento na oferta para crianças e diminuiu a importância do Nickelodeon para o serviço, por exemplo.

Leia também: Netflix prepara lançamento mundial simultâneo de nova temporada de série

Apesar de a notícia parecer impactante para usuários do serviço de streaming, que sentem a perda de uma parte do conteúdo disponível em seu pacote, quem sofreu mesmo foi a Viacom. Nesta terça-feira (23), de acordo com o Yahoo!, logo após a divulgação da possível não renovação de contrato, a empresa foi a única do segmento de mídia que apresentou queda em suas ações perante um mercado otimista.

Viacom Dow Jones

As ações da companhia no índice Dow Jones apresentaram uma queda de US$ 1,12, ou 1,7%, chegando a atingir a marca de US$ 65,40 (cerca de R$ 130) por papel. Michael Nathanson, analista da Nomura Equity Research, estima que o acordo com a Netflix vale cerca de US$ 130 milhões (R$ 260 milhões) em receitas anuais para a Viacom, o equivalente a quase 3% de seu faturamento.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.