13 Reasons Why pode sofrer boicote no Brasil; entenda a polêmica

Por Redação | 09 de Maio de 2017 às 19h07

A série original da Netflix 13 Reasons Why está envolvida em um turbilhão de polêmicas por conta dos conteúdos trabalhados na trama. Para quem não sabe, os episódios contam a história de Hannah (interpretada por Katherine Langford) e os 13 motivos que levaram a adolescente ao suicídio.

Depois da proibição da série no Canadá e na Nova Zelândia, a controvérsia sobre 13 Reasons Why também chegou ao Brasil. De acordo com informações divulgadas nesta terça-feira (9), o Centro de Apoio Operacional recomendou boicote ao programa da Netflix às Promotorias de Justiça de Defesa da Criança e do Adolescente e da Educação (Caop-CAE) do Ministério Público da Paraíba.

Para o órgão, a série discute temas delicados, como bullying, saúde mental, violência e suicídio, e por isso não deve ser assistida por crianças e adolescentes. Segundo a produtora de Justiça Soraya Escorel, o show deve sofrer boicote por "conter cenas muito impactantes". Apesar desse posicionamento, muitas pessoas acreditam que as temáticas podem auxiliar os jovens a compreender as questões levantadas na série. Um dado mostra, inclusive, que a história de Hannah tem auxiliado muitas pessoas: o Centro de Valorização à Vida (CVV), por exemplo, revelou que desde o lançamento da série o número de pedidos de ajuda vem aumentando consideravelmente.

E você, o que acha do boicote?

Via AdoroCinema