10 coisas que gostaríamos de ver na segunda temporada de Demolidor

Por Durval Ramos | 04 de Maio de 2015 às 09h48

Ninguém mais duvida que a série do Demolidor foi um enorme sucesso. Além da Netflix já ter confirmado uma segunda temporada, dados recentes mostram que a audiência do programa foi superior a qualquer um dos seriados originais do serviço. Depois de muito tempo no esquecimento, o Homem Sem Medo mostrou sua verdadeira face.

Diante disso, tanto os fãs do personagem quanto quem se empolgou com os 13 episódios liberados até agora já começaram a especular o que está por vir. Afinal, o herói tem nada menos do que 50 anos de histórias e vários arcos que podem ser facilmente adaptados para a TV.

Só que, mais do que trazer "A Queda de Murdock" ou "Diabo da Guarda" — duas das mais conhecidas HQs do personagem — para as telas, a mitologia do Demônio de Hell's Kitchen tem uma série de outros aspectos igualmente interessantes que podem ser introduzidos nesta segunda temporada e que pode servir para preparar o terreno para essas histórias clássicas.

Assim, como verdadeiros fãs de histórias em quadrinhos, decidimos listar algumas coisas que gostaríamos de ver neste retorno do Demolidor. E, como estamos falando de fatos futuros, pode se preparar para encontrar alguns spoilers da primeira temporada.

1. A volta do Rei do Crime

Muita gente espera que a Netflix aposte em outros vilões do personagem nesta segunda fase da série. No entanto, o Homem Sem Medo não só conta com uma galeria de inimigos bem mequetrefe como ainda nenhum deles consegue ser tão ameaçador e icônico quanto Wilson Fisk.

DEMOLIDOR

Assim, enquanto a primeira temporada serviu para nos mostrar como ele se transformou no Rei do Crime, os novos episódios já podem colocá-lo como o verdadeiro monstro por trás da sujeira de Hell's Kitchen.

Como foi visto no último episódio, ele não só se aceitou como um grande criminoso como revelou o quão brutal pode ser. Mais do que isso, Fisk só foi preso graças à ação do Demolidor e isso pode servir como um ótimo gancho para um plano de vingança. Portanto, bastaria ele arranjar uma forma de sair — lembre-se, ele é um homem muito influente na região, além de persuasivo — e começar sua caçada ao vigilante.

Para quem reclamou que o Rei do Crime estava muito sentimental, eis a chance da Marvel mostrar como ele pode ser implacável agora que abraçou a imagem do vilão.

2. A chegada do Mercenário

Muitos acreditam que o franco-atirador que aparece em um dos episódios da primeira temporada é o vilão Mercenário. Seja isso verdade ou não, a segunda fase da série é uma ótima oportunidade da Marvel introduzir o insano personagem.

Mercenário

Em termos de enredo, a saída do Rei do Crime da prisão serviria perfeitamente para a chegada do assassino à cidade. Tentando acabar com o Demolidor, Fisk contrataria o Mercenário para matá-lo e teríamos em cena não só um inimigo capaz de rivalizar com as habilidades de luta do herói como ainda servir de ameaça a todos os coadjuvantes que estão à sua volta.

Isso sem falar que a presença do personagem ainda serviria para questionar as ações do próprio Matt Murdock e suas convicções. Afinal, vale a pena arriscar a vida de quem você ama para um bem maior? E se ele tivesse a chance de vê-lo morrer, faria algo para salvá-lo mesmo sabendo que ele poderia voltar para matar alguém importante?

Em outras palavras, tudo o que a série precisa para criar o tom dramático e tenso que tanto queremos de volta.

3. O contra-ataque do Tentáculo

Se você não leu as histórias em quadrinhos do Demolidor, certamente ficou sem entender quem era aquele ninja que apareceu em um dos episódios e qual a organização por trás dele. Pois trata-se de uma ordem que é bem recorrente nos gibis do herói.

Tentáculo

Conhecida como Tentáculo, o grupo é altamente perigoso e já sabemos que está interessado em algo em Hell's Kitchen. Tanto que, além de todo o mistério em torno do tal Céu Negro, o personagem Nobu deixa claro que estão interessados em uma área específica da cidade.

Assim, com a morte de seu representante na região, o Tentáculo poderia partir para cima de Fisk por conta da traição ou ainda ser convencido pelo Rei do Crime de que toda a operação foi frustrada graças à ação do Demolidor, fazendo com que os ninjas também vão à caça do Homem Sem Medo.

4. Elektra entra em cena

Lembra-se do episódio em que Murdock e Nelson, em um flashback, comentam sobre uma ex-namorada do Demolidor? Uma garota grega que fazia aula de espanhol e que deixava o futuro herói enlouquecido? Pois ela é ninguém menos do que a assassina Elektra — aquela mesmo que apareceu no famigerado filme com Ben Affleck.

Elektra

Nos quadrinhos, ela é uma ninja que abandonou o Tentáculo e que atua como uma espécie de mercenária, assassinando seus alvos mediante pagamentos. No entanto, na série, ela poderia servir como uma das forças mandadas pela organização para caçar o Demolidor após ele comprometer toda a operação envolvendo o Céu Negro.

Conhecendo a região por ter estudado ali, ela se reencontraria com seu ex-namorado e ficaria em dúvida em relação à sua missão. Mais do que isso, ela entraria no fogo cruzado entre o Murdock e o Mercenário, servindo de ponta para a recriação de uma das cenas mais icônicas das HQs.

5. Um louco chamado Justiceiro

Juntamente com o Demolidor, outra propriedade que voltou para as mãos da Marvel é o Justiceiro. E, depois de vermos o tom sombrio e violento da primeira temporada da série, fica claro o quanto a loucura do personagem se encaixa na proposta.

Nas HQs, Frank Castle vê toda sua família ser assassinada nas mãos do crime organizado e ele decide adotar a alcunha de Justiceiro para acabar com qualquer bandido que aparecer na sua frente. Só que, ao contrário dos demais heróis, ele ultrapassa a linha de não matar e simplesmente não perdoa.

Justiceiro

Assim, depois de Hell's Kitchen virar o centro das atenções por conta do que foi visto no final da primeira temporada e da suposta saída de Wilson Fisk da prisão, a chegada de Castle à cidade seria mais do que perfeita. Assim, ele tentaria acabar com o Rei do Crime do seu jeito e caberia ao Demolidor impedir que isso aconteça.

Desse modo, enquanto a primeira fase da série mostrou como Murdock e Fisk tentavam melhorar a região por meios diferentes, os novos episódios trariam essa discussão para o lado heroico: afinal, esses criminosos têm salvação pelo sistema judicial ou bandido bom é bandido morto?

Isso sem falar que a chegada do Justiceiro traria ainda mais ação à série, uma vez que o personagem não só anda fortemente armado como sabe lutar muito bem.

6. O destino de Karen Page

Ao longo de todos os 13 episódios, vimos que Karen Page está bem longe de ser a mocinha clássica das histórias em quadrinhos. Embora ela não tenha sido responsável pela morte de seu colega de trabalho, ficou bem claro em vários momentos que ela tem um passado não muito bonito.

Demolidor

A segunda temporada é a oportunidade perfeita para conhecermos um pouco mais sobre a garota. Nos quadrinhos, ela acaba se viciando em drogas e virando atriz pornô somente depois de abandonar a Nelson & Murdock, mas isso pode ser facilmente adaptado para a série para criar um impacto maior nos espectadores — embora que, para fins de roteiro, isso não seja muito útil.

Assim, a solução mais lógica de trabalhar seu passado e continuar desenvolvendo a personagem é colocá-la como a principal responsável pelas investigações da série. Embora Ben Urich tenha morrido, o jornalista ensinou a garota todos os princípios básicos da investigação e ela pode usar isso para solucionar algum mistério a ser apresentado.

Esse viés pode se encaixar muito bem com a trama do Mercenário e a ameaça que ele representa, colocando a jovem mais próxima de Murdock a ponto dos dois começarem a ter mais afinidade — e criando um triângulo com Elektra. Diante disso, seria uma questão de tempo até ela descobrir a identidade do Demolidor. Seria o gancho ideal para vermos A Queda de Murdock numa eventual terceira temporada.

7. Respostas

Embora a primeira temporada tenha sido bem fechadinha, ela deixou muitas questões em aberto. Quem é o Céu Negro? Para onde foi Madame Gao e quais suas reais intenções? O que é a tal guerra que o Stick tanto comenta e quem é o homem misterioso com quem ele fala?

Demolidor

Todas essas perguntas servem de gancho para unir Demolidor com todas as demais séries produzidas pela Netflix. Tanto que muita gente já achou indícios que ligam a história diretamente com o Punho de Ferro, uma das últimas a estrear, e que deve servir de ponte para a criação dos Defensores.

Ainda assim, é possível que os próximos episódios sirvam para esclarecer essas questões e deixar toda essa relação ainda mais clara, principalmente em como Luke Cage e Jessica Jones vão se encaixar nisso tudo.

8. Mais ligações com universo Marvel

Depois de tudo o que vimos em Vingadores: A Era de Ultron, fica a dúvida: como a história de um robô enlouquecido vai afetar a vida do Demolidor? Em termos práticos, em pouca coisa, mas torcemos para que a série consiga explorar bem os reflexos disso nessa realidade mais urbana.

Vingadores 2: A Era de Ultron

Isso pode ser feito tato em referências e easter eggs — como aconteceu na temporada passada — como de maneira mais efetiva. Recentemente surgiu a notícia de que o ator Charlie Cox, que interpreta o Homem Sem Medo, teria contrato para participar de algum filme do estúdio, então poderíamos ver nem que seja uma participação de Phil Coulson, Nick Fury ou qualquer outro membro dos filmes para mostrar que eles estão cientes da existência do herói.

Vale lembrar ainda que, nos quadrinhos, o Demolidor e a Viúva Negra namoraram por um bom tempo.

9. Melhorias no uniforme

Muita gente criticou o uniforme final do Demolidor, dizendo que parecia muito com uma armadura do que com o traje clássico do personagem, embora o que tenha sido apresentado faça muito mais sentido dentro da proposta da série. De qualquer forma, seria interessante ver o personagem aprimorando a vestimenta.

Demolidor

Tanto que, quando ela vai receber o equipamento, Melvin Potter explica que não teve tempo de finalizá-lo e essa seria a deixa perfeita para vermos uma mudança ao longo dos episódios, principalmente agora que ele adotou o nome Demolidor.

10. Menções ao Homem-Aranha

Por fim, a novidade mais esperada por todos os fãs da Marvel tanto nos cinemas quanto nas séries: a presença do Homem-Aranha. Quando a primeira temporada de Demolidor foi gravada, ainda não tínhamos o acordo entre o estúdio e a Sony, o que impossibilitou até mesmo o uso do jornal Clarim Diário. No entanto, as coisas mudaram.

E, embora todo mundo espere ver o Aranha ser apresentado oficialmente no novo filme do Capitão América, ele poderia dar o ar da graça também na série da Netflix.

Demolidor

O Cabeça de Teia é um herói muito mais urbano do que alguém que salva o mundo e, por isso, seria muito mais lógico vê-lo aparecendo ao lado do Homem Sem Medo. Só que sabemos que isso não vai acontecer por razões comerciais, então bastaria termos referências ao personagem para já introduzi-lo naquele universo.

Menções ao mascarado que se pendura em teias seria uma ótima maneira de explicar ao público que ele já existe em meio a todos aqueles super-heróis e dispensaria um terceiro filme de origem.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.