YouTube garante agir de forma agressiva contra conteúdos e comentários pedófilos

Por Redação | 24 de Novembro de 2017 às 09h13
photo_camera YouTube Creator Academy
TUDO SOBRE

YouTube

Como forma de prevenir conteúdo de cunho pedófilo em sua plataforma, o YouTube anunciou que vai passar a agir de forma mais agressiva contra estas contas.

Diversas marcas reportaram que precisaram excluir seus anúncios do YouTube, às vésperas da Black Friday, pois eles estavam aparecendo em vídeos de pedófilos.

A BCC News e a Times conduziram uma investigação para identificar o problema e, de acordo com os resultados, dezenas de milhares de contas foram responsáveis por inúmeros comentários indecentes em vídeos de crianças. Alguns destes conteúdos são dos próprios criminosos, enquanto outros pertencem a jovens.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

De acordo com os moderadores voluntários, que fazem parte de um esquema que denuncia conteúdo impróprio no YouTube aos funcionários, existem cerca de 50 mil a 100 mil contas de pedófilos ativas na plataforma.

Como forma de evitar este problema, o YouTube ainda usa algoritmos para fazer essa identificação, mas o sistema, aparentemente, está falhando em resolver o problema.

A vice-presidente de gerenciamento de produtos da plataforma, Johanna Wright, conta sobre como o trabalho é feito: "Temos usado uma combinação de sistemas automatizados e a sinalização humana para remover conteúdos abusivos e sexuais em vídeos com menores de idade", diz.

Wright finaliza dizendo que, a partir de agora, os funcionários vão começar a tomar uma posição ainda mais agressiva, desabilitando todos os comentários em vídeos de menores de idade sempre que houver um ataque.

Fonte: The Guardian

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.