Wikileaks lança o maior vazamento de dados da história da CIA

Por Redação | 07 de Março de 2017 às 15h37

O Wikileaks divulgou nesta terça-feira (07) uma enorme quantidade de dados confidenciais da Agência Central de Inteligência norte-americana, a CIA, no que pode ser o maior vazamento de informações à respeito da agência de contra-espionagem.

O vazamento faz parte de uma nova série do site chamada Vault 7, que divulgará informações sobre as operações confidenciais da CIA, incluindo protocolos de espionagem e práticas de hack.

O pacote de documentos do Vault 7 conta com cerca de 8,7 mil documentos confidenciais. A primeira parte destes vazamentos dá uma visão detalhada sobre a força global de hacking e interceptação cibernética que a agência norte-americana possui.

Chamado de “Year Zero”, o primeiro vazamento desta série mostra o escopo e a direção deste programa de hacking da CIA, mostrando seu arsenal de malwares, que foram usados inclusive em dispositivos como iOS, Android, Windows e até mesmo os sistemas operacionais de TV da Samsung, cujos microfones embutidos foram usados como fonte de captação de áudio.

Os documentos também dão informações sobre como a CIA usa softwares maliciosos para controlar a extrair dados de smartphones e outros dispositivos móveis, ganhando controle de veículos e até mesmo equipamentos médicos.

De acordo com o Wikileaks, a série reúne documentos colhidos entre 2013 e 2016, mas não foram dadas informações sobre como eles foram obtidos. Vale lembrar que os documentos não possuem nenhum tipo de verificação oficial sobre sua veracidade, mas levando em consideração o histórico do Wikileaks, esse tipo de confirmação acaba até ficando em segundo plano.

Fonte: The Next Web

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.