Versão gratuita do Spotify pode estar enviando malwares para usuários

Por Redação | 05 de Outubro de 2016 às 12h24
photo_camera Divulgação

A versão gratuita do serviço de streaming de músicas Spotify pode estar enviando anúncios infestados com malwares para seus usuários, revelam postagens feitas nos fórum oficial da plataforma.

As postagens afirmam que, enquanto está aberta e reproduzindo músicas, a aplicação desktop do Spotify tem frequentemente ocasionado a abertura repentina do navegador instalado na máquina, levando usuários para sites com anúncios maliciosos.

A vulnerabilidade foi observada pela primeira vez em dispositivos com o Windows 10, mas parece afetar também outros sistemas operacionais - como Ubuntu e o MacOS.

Usuários recorreram ao Twitter para enviar reclamações ao Spotify, que afirmou que já está analisando os casos indicados. A empresa, entretanto, ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso.

Essa não é a primeira vez que o Spotify enfrenta problemas do tipo. Em 2011, o serviço de streaming também foi acusado de enviar publicidade carregada com malwares para alguns usuários. Na ocasião, a empresa identificou e solucionou a vulnerabilidade rapidamente, divulgando um pedido público de desculpas na sequência.

Fonte: The Next Web