Veja como baixar todos os dados que a Google sabe sobre você

O que você assiste no YouTube, o caminho que você toma do trabalho até sua casa, as mensagens da sua tia no Hangouts, suas fotos antigas no Google Drive, os apps que você adquiriu no Google Play... Tudo isso dá à Google uma série de informações sobre quem você é, com quem você se relaciona, o que você consome e do que você gosta. Essas informações, conseguidas apenas por meio da observação ininterrupta de tudo o que você faz quando tem uma tela diante dos olhos, ajuda a empresa a se tornar cada vez mais influente no mundo, além de juntar somas de dinheiro impressionantes ao vender publicidade direcionada para... bem, para você mesmo.

Desde que a lei de proteção aos dados pessoais promulgada pela União Europeia, o GDPR, entrou em vigor, muitas companhias de tecnologia foram obrigadas a adotar formas mais transparentes de lidar com as informações acumuladas, e a Google não poderia ficar de fora. Assim como Instagram, Facebook, WhatsApp e tantos outros serviços online, a Gigante das Buscas disponibilizou a seus usuários relatórios completos de tudo o que é coletado.

O que os olhos vêem, a Google registra (Imagem: Doug Chayka/The New York Times)

Para fazer o download do conteúdo, basta ir à página de exportação da Google e selecionar quais dos produtos da empresa devem constar no relatório. Há uma infinidade de produtos, alguns bastante usados e conhecidos como o YouTube e o navegador Chrome, mas uma análise completa que inclua absolutamente tudo o que a Google sabe sobre você pode levar mais tempo até ser disponibilizada, já que o acesso não é imediato.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Após selecionar quais serviços devem liberar o que sabem sobre você, é hora de escolher o formato que o relatório será exibido: as opções são zip ou tgz. Também é possível selecionar qual o tamanho máximo do arquivo final, com opções de 1 GB a 50 GB, de forma que o relatório completo pode ser dividido em arquivos menores. Os métodos de envio das informações incluem receber o relatório, quando disponível, diretamente no Gmail, no Google Drive, no Dropbox, no OneDrive ou ainda no Box.

Após solicitados, os dados levam um tempo até estarem prontos para serem acessados (Captura de Tela: Ares Saturno / Canaltech)

Após fazer o pedido, é só sentar e tentar relaxar. Um e-mail será enviado avisando da disponibilidade dos documentos. Os prazos dependem de diversos fatores, entre eles quais foram os dados solicitados e os produtos envolvidos. Mesmo assim, geralmente os relatórios são disponibilizados em algumas horas ou poucos dias. Também é importante salientar que o relatório ficará disponível para download apenas por aproximadamente sete dias.

Aviso no e-mail que o conteúdo está pronto para ser acessado (Captura de Tela: Ares Saturno / Canaltech)

Fonte: Tech AdvisorExame

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.