Saiba como proteger seu Gmail contra leitura de empresas terceirizadas

LifeWire
Tudo sobre

Google

Uma matéria do Wall Street Journal, na segunda-feira (2), revelou que a Google permite que empresas terceirizadas tenham acesso a seus conteúdos de e-mail. Isso acontece quando o usuário concede permissões ao se inscreverem para receber promoções de determinadas empresas de forma automática para seu e-mail. Segundo o jornal, não somente mecanismos de inteligência artificial, mas também funcionários reais poderiam ler os conteúdos.

Caso você queira proteger sua conta de e-mail de possíveis acessos como este, há alguns passos fáceis. Basta apenas retirar estas permissões.

Como fazer isso? Vamos lá:

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

  1. Entre na página de verificação de conta Google.
  2. Em seguida, vá em desative o acesso a apps menos seguros e clique em desativar.

    Imagem: Wagner Alves/Canaltech
  3. Em seguida, verifique se há a opção Você ainda precisa dessas senhas destes apps? Aqui, a Google lista alguns programas que já usaram a sua senha no passado para login, mas que agora não são mais tão seguro. O sistema mostra qual a senha que você usava na época (informando apenas a dica de senha) e a última vez que ela foi usada. A recomendação é de que se removam todas as permissões desta categoria. Clique em remover para retirar este acesso.

    Imagem: Felipe Demartini/Canaltech


  4. Em seguida, vá também em apps com acesso de baixo risco aos seus dados. Estes programas são confiáveis, de acordo com a Google, e têm acesso a certos pontos específicos para determinados serviços. No nosso exemplo, há apenas o Todoist, app de listas de tarefas vinculada à conta do Google Calendar para fins de sincronização.

    Imagem: Wagner Alves/Canaltech
  5. Dessa forma, vale verificar cada app e qual a permissão concedida para realmente refletir se vale a pena manter este acesso. Caso você tenha dúvida sobre o programa, a recomendação é sempre remover o acesso.
Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.