Roubo de dados e ataques DDoS vão aumentar até 2020, alerta especialista

Por Redação | 13 de Junho de 2016 às 09h50

A Cisco Visual Network Index (VNI) divulgou os resultados de um estudo que revelou um aumento de 36% no tráfego médio de dados na Internet brasileiro, alcançando 1,5 exabytes por mês. Esse resultado, no entanto, caminha lado a lado com uma grande preocupação para os administradores das redes Internet: o crescimento de roubo de dados e ataques DDoS.

Diante desse sinal vermelho, o diretor de relações governamentais da Cisco no Brasil, Giuseppe Marrara, mostra, com exemplo, a gravidade da situação: “A cada busca de um internauta no Google, os administradores de rede contêm, pelo menos, três ataques DDoS”. E completa: “Isso vai mudar a maneira de construir redes. O roubo de dados também só aumenta. A segurança da Informação também vai mudar”.

Segurança Digital

Em relação aos roubos de dados, Marrara diz que cada dado roubado custa em torno de US$ 150, o que significa um prejuízo de bilhões de dólares às empresas: "Não tenho dúvida: o roubo de dados é um dos assuntos mais delicados da Internet hoje e o que mais limita a expansão da Internet".

Previsões

Nos próximos cinco anos, segundo levantamento VNI, estima-se que:

  • Os ataques DDoS irão aumentar de 6,6 milhões para 17 milhões, necessitando, então, de medidas mais efetivas de controle e segurança dos dados;
  • O tráfego IP global quase triplicará, a uma taxa composta de crescimento anual (CAGR) de 22%;
  • Haverá mais de um bilhão de novos usuários na comunidade global da Internet, que passará de 3 bilhões em 2015 para 4,1 bilhões em 2020;
  • As redes IP globais irão suportar até 10 bilhões de novos dispositivos e conexões, passando de 16,3 bilhões em 2015 para 26,3 bilhões em 2020;
  • Haverá, ainda, 3,4 dispositivos e conexões per capita em 2020, superando os 2,2 per capita registrados no ano passado;
  • O tráfego de Internet no Brasil vai crescer 2,5 vezes, a uma taxa CAGR de 20% e atingindo 3,5 exabytes por mês em 2020 (acima dos 1,5 exabytes por mês registrados em 2015).

Confira o estudo completo aqui.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!