Relatório mostra que ataques maliciosos dobraram no primeiro semestre de 2018

Por Wagner Wakka | 19 de Julho de 2018 às 15h39

Um relatório da SonicWall, empresa de segurança da informação, traz um dado alarmante sobre o mercado de internet mundial. O número de ataques de malware dobrou nos primeiros seis meses de 2018 em comparação com o ano passado.

O documento da empresa, chamado Relatório de Ameaças Cibernéticas 2018, traz dados detalhados sobre os perigos digitais. Ao todo, foram registrados no primeiro semestre deste ano em todo mundo 5,99 bilhões de ameaças a computadores, servidores e outros sistemas de rede. Este número é 102% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, quando foram constatados 2,97 bilhões de casos.

Número é consideravelmente maior em todos os meses deste ano (Gráfico: SonicWall)

O malware se trata de quaisquer programas maliciosos usados com a intenção de infectar um sistema para fins criminosos. Dentre os tipos de ataques mais alarmantes está o ransomware. Neste caso, o programa malicioso “rapta” a máquina do usuário e cobra um resgate para devolver acesso ao dono dos dados.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Este tipo de ação havia demonstrado queda entre 2016 e 2017 – foram 645 milhões de casos em um ano com diminuição para 184 milhões no seguinte. Só nos primeiro seis meses de 2018, já foram registrados 181,5 milhões de casos de ransomware, representando um aumento de 229% em relação ao primeiro semestre do ano passado.

Além deste, outro tipo de ataque merece atenção: o sob dados criptografados. Segundo o levantamento houve aumento de 275% no número de sessões criptografadas pelos padrões SSL/TLS entre os primeiros semestres de 2017 e 2018.

Segundo análise do SonicWall, tal crescimento acompanha o aumento da própria utilização de dados criptografados pelo mundo. Contudo, o novo desafio no setor pode ser estabelecer novos padrões ou mesmo melhores seguranças para os padrões atuais a fim de segurar o avanço de tais ameaças. A previsão é de que ataques criptografados vão se tornar padrão para a entrega de malware em pouco tempo.

Os dados do estudo foram levantados pela rede SonicWall Capture Threat, a qual conta com mais de 1 milhão de sensores de segurança em quase 200 países, entre eles o Brasil. 

Fonte: SonicWall

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.