Nubank | Veja funções do app para deixar o seu Carnaval mais seguro

Por Felipe Demartini | 17 de Fevereiro de 2020 às 11h58
Tudo sobre

Nubank

Saiba tudo sobre Nubank

Ver mais

A alegria vai tomar conta das ruas neste Carnaval, e onde há aglomeração, existem também bandidos prontos para estragarem a festa dos foliões. Em comunicado publicado nesta semana, o Nubank alerta os foliões para golpes clássicos que sempre reaparecem nessa época do ano, bem como medidas que podem proteger os clientes e evitar que eles sejam vítimas de fraudes que se aproveitem de sua distração, embriaguez ou coreografia durante as marchinhas.

Como parte de um movimento chamado Fantasie Seu Cartão, a fintech irá distribuir adesivos para que os clientes personalizem seus plásticos para evitar o velho “golpe da troca”, que normalmente acontece na compra de bebidas ou comidas rápidas. Aproveitando-se da empolgação dos bloquinhos, vendedores à serviço dos bandidos não inserem as informações corretas durante uma compra com a maquininha, induzindo o cliente a digitar a senha no campo que, originalmente, seria do valor, onde aparece sem os asteriscos que escondem os números.

Na sequência, alegando falha na transação ou algum tipo de problema, ele recomeça o processo e, ao final dele, devolve ao cliente um cartão que não é o dele. Rapidamente, ele realiza transferências ou compras com o plástico e a senha, recomeçando o processo em outro local e pegando outro usuário, que recebe o cartão do anterior, e assim por diante, em um tipo de fraude bastante lucrativa.

Personalizar os plásticos com adesivos ou desenhos é uma boa medida para escapar do golpe da troca do cartão no Carnaval (Imagem: Divulgação/Nubank)

É justamente por isso que a customização dos cartões é citada como arma contra os golpistas. Um adesivo, marca feita com caneta ou qualquer tipo de “fantasia” no cartão de crédito é mais fácil de identificar, em meio à folia, do que uma verificação nominal. O Nubank indica decalques removíveis e de baixo relevo, para não causarem problemas na inserção nas maquininhas, que devem ser colocados na extremidade oposta ao chip e à tarja magnética.

A distribuição dos adesivos acontecerá no dia 20 de fevereiro na sede do Nubank em São Paulo (Rua Capote Valente, 39, no bairro de Pinheiros). Entretanto, a dica vale para todos os usuários da fintech, que podem fazer a customização em casa e usar outros recursos do aplicativo para melhorar sua segurança e evitar prejuízos caso percam o cartão ou acabem caindo em um golpe.

App do Nubank permite o bloqueio rápido e imediato do cartão, assim que o usuário perceber, para evitar fraudes ou golpes (Imagem: Reprodução/Felipe Demartini)

Uma das principais e mais importantes é a de bloqueio, que permite ao usuário impedir o uso das funções crédito e débito assim que perceberem a perda do plástico. Bastam dois toques na interface inicial do aplicativo para que a interrupção no uso seja ativada, podendo ser desligada caso o usuário recupere o cartão ou definitiva com posterior contato com a central de atendimento para cancelamento.

Também é possível desativar os pagamentos por aproximação, que no Nubank, não exigem senha para comprar de até R$ 50 (Imagem: Reprodução/Felipe Demartini)

Outra fraude comum envolve os pagamentos por aproximação, que podem ser desativados temporariamente ou de forma permanente pelo cliente. Hoje, o Nubank permite que esse recurso seja usado sem senha para compras de até R$ 50, mas em situações de aglomeração, é possível que os bandidos tentem se aproveitar disso. A configuração do recurso é feita pelo menu do aplicativo, clicando no nome do cliente e, depois, em “Configurar Cartão”.

Ajustar o limite de utilização do cartão e ativar a autenticação biométrica no app do Nubank também são boas dicas de segurança em caso de roubos ou furtos (Imagem: Reprodução/Felipe Demartini)

Por fim, vale a pena trabalhar com limites e reduzir o potencial de utilização do cartão em caso de perda ou roubo, além de ativar a identificação biométrica no aplicativo, já que o celular também pode servir como um ponto de vulnerabilidade, como o próprio plástico, caso seja furtado. O primeiro recurso é acessado pela interface principal, enquanto o segundo aparece no menu, em “Configurações do app”.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.