Novo golpe pede mil reais em bitcoins em troca da proteção de dados da vítima

Por Redação | 23 de Novembro de 2017 às 18h48
Effectno

A empresa de segurança virtual Kaspersky Lab acaba de divulgar a descoberta de um novo golpe. Mensagens de email com conteúdo chantagista estão sendo enviados por cibercriminosos brasileiros, que exigem um pagamento em troca da proteção de seus dados roubados.

Segundo a Kaspersky Lab, o grupo mal intencionado possui todas as informações das vítimas, como endereço completo, CPF, telefone, número e agência da conta bancária. Esses dados são obtidos facilmente com a ajuda de data brokers, empresas responsáveis por oferecer dados financeiros à outras companhias.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A promessa dos criminosos, caso o pagamento não seja feito, é de que os dados serão enviados à Receita Federal, mas com o dinheiro em mãos, eles garantem "o direito de ser esquecido" e concedem uma "diretiva de proteção de dados", segundo a própria mensagem.

Fabio Assolini, analista de sênior de segurança da Kaspersky Lab, recomenda que o pagamento da chantagem não seja feito em hipótese alguma. "Não há garantia que o cibercriminoso não vá utilizar seus dados futuramente e muito menos que ele não solicite outros valores posteriormente ao primeiro pagamento", diz.

O valor cobrado é de mil reais, mas em Bitcoins, o que torna mais difícil a chance da vítima pagar pelo resgate de suas informações. Assolini diz que as moedas digitais são mais complicadas de rastrear e do usuário entender como elas funcionam, mas que não evita que as vítimas caiam no golpe.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Kaspersky Lab

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.