Novo golpe está roubando senhas de acesso ao Facebook

Por Redação | 17.08.2015 às 12:17

Os cibercriminosos têm tentado de diversas formas obter o máximo de informações sigilosas de usuários da internet. E como é de se imaginar, as redes sociais são um de seus lugares preferidos para interceptar dados sensíveis. A ESET, empresa especializada em soluções de segurança da informação, emitiu um alerta sobre um novo método utilizado por cibercriminosos para roubar senhas de redes sociais, em especial do Facebook.

Para conseguir atrair as vítimas, os criminosos usam vídeos de sites falsos no Facebook. Assim, ao clicar sobre a publicação, o internauta acessa um link encurtado que o redireciona para um site clandestino. Diferentemente de outras campanhas maliciosas, o novo golpe utiliza cinco sites enganosos, que contêm mais de 30 tipos de vídeos. Com isso, os cibercriminosos conseguem ampliar consideravelmente o número de potenciais vítimas.

Em resumo, o ataque funciona da seguinte forma: ao selecionar o vídeo, o usuário é redirecionado para uma página falsa, na qual é solicitado o compartilhamento do conteúdo na linha do tempo de seus amigos. Ao fazer isso, uma outra janela é aberta e é requerida uma nova autenticação na rede social. Esta janela contém um domínio totalmente diferente, que, na verdade, é uma página falsa utilizada pelos criminosos para capturar as credenciais de acesso ao Facebook.

De acordo com Camillo Di Jorge, Country Manager da ESET no Brasil, "nos últimos anos, tem aumentado a popularidade das redes sociais no Brasil e no mundo. No entanto, muitos usuários ainda ignoram que estão expostos a uma série de ameaças cibernéticas nesses ambientes. Por isso, atacantes utilizam golpes de engenharia social para enganar os usuários desavisados".

A recomendação da ESET para evitar ser vítima de ataques similares é sempre verificar a URL para se certificar que está logado em uma página autêntica, pertencente à rede social. Manter o antivírus atualizado e desconfiar de páginas falsas e links muito atraentes também são boas medidas a serem adotadas.