Novo chip de segurança dos MacBooks evita que invasores acessem o microfone

Por Rafael Rodrigues da Silva | 31 de Outubro de 2018 às 09h13
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

Em tempos de espionagem digital e uma preocupação cada vez maior com o acesso não-autorizado a nossos dispositivos, uma novidade apresentada pela Apple nesta terça-feira (30) pode tornar os produtos dela mais interessantes para aqueles que têm medo de que suas conversas possam ser escutadas por cibercriminosos.

De acordo com a fabricante, a nova linha de MacBooks terá um novo chip focado em segurança: o T2. Ele já é usado pela empresa no modelo mais recente do MacBook Pro.

De acordo com novos detalhes revelados em um documento divulgado pela empresa ontem, o T2 é um chip que utiliza tecnologias de criptografia e impressão digital para impedir que invasores acessem remotamente o microfone do computador.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Isso acontece porque, ao fechar a tampa do aparelho, o chip força o microfone a desconectar fisicamente da placa, o que impede que invasores com qualquer tipo de acesso — mesmo com privilégios de administrador ou acessando o software do próprio chip T2 — consigam ativar o microfone remotamente. Depois de fechar a tampa, o único modo de ativar o microfone é abrindo-a novamente e desbloqueando o macOS através de senha ou impressão digital.

Fonte: The Daily Dot

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.