Mais de 14 GB de dados de visitação do site do Radiohead vazaram na web

Por Redação | 01 de Fevereiro de 2018 às 09h05

Você gosta do Radiohead? Lembra se chegou a visitar o site da banda inglesa entre 2011 e 2013? Se você deu uma passada na página deles, saiba que os dados da sua visitação vazaram na web.

Cerca de 14 GB de dados estão disponíveis em um bucket da Amazon S3, o serviço de armazenamento na nuvem da empresa. A falha foi descoberta pela firma alemã Kromtech Security.

Em um tuíte, o chefe de comunicação da Kromtech, Bob Diamchenko, escreveu que a banda acidentalmente expôs os dados dos visitantes. Até agora, o Radiohead não se manifestou sobre o caso.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O vazamento não revela dados delicados, apenas o IP, hora de acesso, resposta do servidor, requisições GET e informações do navegador.

De qualquer forma, hackers podem encontrar informações confidenciais a partir das requisições GET, como logins de outros sites.

Perigo na S3

Este vazamento deve acender um alerta nos serviços da Amazon. Algumas das falhas mais graves dos últimos tempos vieram de bucktes da Amazon S3, que não estão devidamente protegidos.

Entre os casos registrados, estão os vazamentos de dados de 1.000 jogadores da NFL, a liga de futebol americano dos EUA, resultados de testes de sangue de mais de 150 mil norte-americanos e informações de mais de 3 milhões de fãs de luta livre registrados no site oficial.

Fonte: The Next Web

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.