Hackers ameaçam apagar milhões de iPhones se a Apple não pagar “resgate”

Por Redação | 22 de Março de 2017 às 10h10

Um grupo de hackers que se auto-denomina "Turkish Crime Family" (Família Turca do Crime) está tentando extorquir a Apple por suposto acesso a milhões de contas de usuários do iPhone e do iCloud, sendo capazes de apagar completamente os dispositivos atrelados a elas. Eles exigem da Apple um "resgate" no valor de US$ 75 mil em Bitcoin ou Ethereum (criptomoedas) ou de US$ 100 mil em cartões de presente do iTunes.

Os hackers forneceram screenshots de supostos e-mails entre o grupo e membros da equipe de segurança da Apple, dos quais o site Motherboard teve acesso. Eles também fizeram upload de um vídeo do YouTube em que supostamente se registram em algumas das contas roubadas. Um deles parece acessar a conta iCloud de uma mulher idosa, que inclui fotos com backup e a capacidade de limpar remotamente o dispositivo.

Segundo a publicação, a Apple teria dado a seguinte resposta para as provas e a ameaça: "Nós primeiro pedimos que vocês removam o vídeo que vocês colocaram em seu canal do YouTube, uma vez que ele está procurando uma atenção não desejada. Em segundo lugar, gostaríamos que soubessem que nós não recompensamos cibercriminosos por infringirem as leis."

No entanto, os hackers se contradizem sobre o número de contas que teriam sido efetivamente invadidas. Em um momento eles disseram que foram 300 milhões, mas em outro instante afirmaram que foram 559 milhões. Não é descartada a possibilidade que eles tenham, na verdade, invadido apenas alguns dispositivos e estão inflando os números para blefar contra a empresa.

A Apple ainda não comentou sobre o assunto publicamente.

Fonte: Motherboard

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.