Google revisa política de segurança contra sites maliciosos na web

Por Redação | 09 de Novembro de 2016 às 16h34

O Google anunciou nesta quarta-feira (09), novas medidas para reforçar seus sistemas de navegação segura e verificação de sites de conteúdo potencialmente malicioso, incluindo uma política de reincidência para sites considerados nocivos.

De acordo com a nova regra, quando um site reincidir em práticas que violam as políticas de segurança do Google, ele ficará 30 dias sem a possibilidade de requisitar uma nova avaliação do motor de buscas para uma possível retirada da lista de sites nocivos.

Anteriormente, o Google mostrava avisos em sites perigosos, mas retirava-os assim que uma nova avaliação era feita e perigos de phishing, malware ou outros não eram detectados.

Entretanto, esta prática do Google era burlada por muitos sites, que retiraram os conteúdos maliciosos para a avaliação do Google e pouco tempo depois voltava com as mesmas operações de antes.

"Como resultado desta brecha na proteção dos usuários, ajustamos nossas políticas para reduzir riscos ao usuário final. Começando hoje, começaremos a classificar estes tipos de sites como reincidentes", afirmou o Google no seu blog oficial.

Fonte: Google

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.