Google, Amazon e Walmart se juntam para regular identificação de drones

Por Redação | 30.10.2015 às 17:05
photo_camera Divulgação

As empresas americanas Google, Amazon e Walmart se juntaram em uma força-tarefa do governo para implementar um sistema de registro e identificação de drones. As três companhias trabalham em sistemas de entrega via drones e estão entre os 25 membros que foram escolhidos para debater no dia 20 de novembro qual mecanismo de registro será utilizado e quais os tipos de drones que ficarão isentos de determinadas regras. É esperada uma reunião de três dias já na semana que vem para discutir o tema.

Diferente dos aviões, os drones teleguiados não estão sujeitos a qualquer processo de registro. Contudo, devido ao aumento no número de aparelhos envolvidos em incidentes perigosos, a Administração Federal de Aviação (FAA) e o Departamento de Transportes dos EUA resolveram agir. Com um registro e identificação, espera-se que os usuários que violam o espaço aéreo sejam encontrados e processados.

Em uma conferência da NASA no Vale do Silício, em julho, Dave Vos, que dirige as atividades de drones no Google X, propôs que cada drone, incluindo aqueles que são pilotados por amadores, transmitam constantemente um sinal de identificação e localização para prevenção de colisões. Ele imagina que os donos desses gadgets terão de ter uma aprovação antes de qualquer voo. Esta é uma proposta de auto-serviço, até porque o Google quer um alto grau de monitorização computacional para que possa entregar suas encomendas com rapidez e eficiências através dos drones.

Outra ideia inclui que os drones utilizem o ADS-B, um sistema de transmissão de identificação e localização existente utilizado em aeronaves convencionais. O Google e outras empresas já estão trabalhando em unidades de baixo custo para drones com o sistema ADS-B. Mas ainda não é possível afirmar se tal ideia será popular entre os outros membros da comissão e representantes do governo.

Entre os outros membros que discutirão as normas para os drones estão a varejista Best Buy, GoPro, várias associações da indústria e a Academia de Modelo Aeronáutica, que representa as aeronaves modelo no país.

Fonte: PC World

Fonte: http://www.pcworld.com/article/2999449/google-amazon-and-wal-mart-join-faa-drone-task-force.html