Golpes virtuais usam vídeos falsos no Facebook para infectar usuários

Por Redação | 25 de Julho de 2016 às 12h17

A ESET identificou uma massiva companha propagada pelo Facebook que utiliza vídeos com títulos chamativos. Tratam-se de técnicas de engenharia social, que têm como objetivo enganar os internautas para propagar malware e códigos maliciosos. As ações são direcionadas a usuários brasileiros do Facebook.

Para conseguir enganar o máximo de usuários possível, a campanha apela para a curiosidade por meio de filmes chamativos com títulos atrativos, como "Mistério resolvido! Criança desaparecida no Mato Grosso é encontrada dentro de cobra" e "Caso goleiro Bruno: após seis anos polícia encontra vídeo de espancamento de Eliza Samúdio". Com isso, os criminosos querem incentivar os internautas a clicarem nos links falsos e, dessa forma, acessarem códigos maliciosos que infectam o equipamento e, após algumas horas, permitem que o perfil da vítima compartilhe a mesma publicação de maneira involuntária.

Os cibercriminosos por trás da campanha têm como objetivo roubar sessões do Facebook, de maneira a obter acesso às contas das vítimas sem a necessidade de senha. Com isso, eles conseguem se passar pelos usuários e aplicar outros golpes com seus amigos da rede social. "A escolha do Facebook tem como objetivo atingir o maior número possível de vítimas. E as pessoas precisam ficar bastante atentas a esse tipo de ataque, que tende a ser cada vez mais comum nas redes sociais mais populares", disse Camillo Di Jorge, presidente da ESET.

"Apesar do servidor utilizado na campanha estar nos Estados Unidos, o IP é compartilhado com mais de cinquenta domínios, que também têm o mesmo objetivo de roubar informações dos usuários", completa Di Jorge. Para evitar cair no golpe, a firma de segurança digital alerta os usuários para a grande importância de acessarem a internet apenas com equipamentos que tenham alguma solução de proteção proativa instalada. Além disso, é sempre indicado evitar clicar em links e anexos suspeitos com títulos muito chamativos e de procedência duvidosa.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.