Golpes com cartões de presentes crescem com quarentena e fim de ano

Golpes com cartões de presentes crescem com quarentena e fim de ano

Por Wagner Wakka | 08 de Dezembro de 2020 às 09h15
401(K) 2013/Flickr

Os cartões de presente digitais, também conhecidos popularmente como vales aqui no Brasil, são uma alternativa para quem quer dar uma lembracinha para familiares e amigos, mas manter a segurança do distanciamento em meio à pandemia. Contudo, se isso reduz a possibilidade de contaminação, pode significar um risco elevado na internet. 

Um levantamento da empresa de análise PerimeterX aponta o aumento de golpes e ataques virtuais relacionados aos cartões de presentes. As ações são especialmente voltadas para aqueles cartões de apps, livros e lojas virtuais vendidos em grandes varejistas. 

Os dados são dos Estados Unidos e mostram que os crimes relacionados a esses cartões dobraram neste último trimestre em comparação ao início do ano, no pré-pandemia. 

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Outra questão está no fato de que criminosos roubam cartões ainda não ativados e buscam acertar os códigos de ativação, o que, segundo a empresa de análise, não é difícil. Ao conseguirem acesso ao conteúdo do produto, modificam os dados e revendem os itens em mercados secundários a preços bem abaixo do habitual. 

Assim, a dica é sempre buscar comprar os "vales presentes" diretamente de lojas autorizadas ou mesmo das plataformas digitais. Serviços de apps e games, como Steam, permitem que você compre um conteúdo de presente para outra pessoa sem precisar necessariamente de um cartão intermediando o processo. 

Os dados estão registrados em publicação no site do PerimeterX.

Fonte: TechRadar, PerimeterX

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.