Game of Thrones é usado em ataques de phishing

Por Redação | 09 de Julho de 2016 às 20h45
photo_camera Divulgação

Uma nova modalidade de phishing scam que tem como alvo usuários de torrent é muito mais amplo do que se pensava inicialmente. Atuando em provedores do mundo inteiro, criminosos bombardeiam usuários com notificações falsas sobre infrações relacionadas aos direitos autorais do que foi baixado. Os scammers fingem representar várias empresas detentoras de direitos autorais, incluindo HBO, e utilizam como isca o último episódio de Game of Thrones.

Segundo o site Torrent Freak, que investiga o golpe, o primeiro caso foi identificado por um usuário da empresa de internet Cox Communications, sediada nos Estados Unidos, mas até então não era nada significativo. De lá pra cá, percebeu-se que os ataques não eram restritos ao país, sendo registrados casos em todo o mundo. Ao longo das semanas seguintes, funcionários de vários provedores de internet de diferentes países, como Austrália e Reino Unido, entraram em contato com o Torrent Freak com mais informações sobre os casos, mostrando a abrangência dos ataques. A farsa era tão bem feita que alguns provedores não perceberam e também notificaram seus usuários sobre o problema com direitos autorais.

O site afirma que depois do primeiro relatório feito sobre o fato, os impostores mudaram seus domínios utilizados para realizar a fraude, além disso passaram a direcionar os emails informando do sobre o download ilegal do último episódio de Game of Thrones.

email phishing

Comunicado falso recebido por email

O email enviado é bastante profissional e acusa o destinatário de realizar downloads de material com direitos autorais protegidos, afirmando ainda que o caso pode ser resolvido mediante o pagamento de algumas centenas de dólares.

"Você tem 72 horas para acessar o acordo proposto e resolver a questão online. Se o caso não for resolvido no prazo estipulado, os detentores dos direitos tomarão medidas legais, o acordo original perderá a validade e novos valores deverão ser negociados por conta dos gastos judiciais", afirma o comunicado.

Apesar da HBO realmente monitorar a pirataria das suas produções, ela afirma que não tem nada a ver com essas notificações e que essa questão está causando uma confusão entre os provedores de internet e a produtora. Conversando com alguns empregados das empresas que fornecem o acesso web e estão recebendo os comunicados criminosos, acredita-se que esses emails não sejam enviados de forma aleatória. Aparentemente os criminosos têm acesso aos IP's que realizam bastante downloads em sites de torrent e compartilham o material pela rede.

O Torrent Freak tentou entrar em contato com as empresas de conteúdo, como HBO, Lions Gate e Warner Bros, mas ninguém quis comentar o caso. Órgãos da justiça americana estão investigando o caso e tentando achar a fonte da fraude, algo difícil e demorado de se fazer. Enquanto isso, tanto os provedores de internet quanto os usuários devem ficar atentos.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.