França quer banir uso da rede Tor para conter terroristas

Por Redação | 07 de Dezembro de 2015 às 15h01

As autoridades na França estão empenhadas em dificultar ao máximo a comunicação dos terroristas. Segundo informações do jornal francês Le Monde, há uma proposta para que o serviço de navegação anônima Tor seja proibido no país. Esta seria uma das principais atitudes a serem adotadas após os ataques terroristas em Paris no mês passado.

A medida é um grande ataque à privacidade na rede no país. O Le Monde obteve o documento que revela duas propostas que deverão ser analisadas pelo parlamento francês. Uma delas é sobre o uso de redes Wi-Fi públicas durante o estado de emergência. De acordo com as autoridades do país, os terroristas estariam utilizando tais redes abertas para se comunicar sem serem rastreados. Sendo assim, o plano é manter as redes desligadas durante o estado de emergência.

A outra ação que será analisada pelo parlamento é o bloqueio da rede Tor. O serviço é bastante utilizado para que usuários fiquem anônimos na internet, sendo uma das principais ferramentas para os que acessam a Deep Web, por exemplo. Ao utilizar a rede Tor, os usuários podem acessar e enviar diversas informações em que sejam rastreados.

Apesar do interesse da França em proibir o acesso ao Tor, essa não é uma tarefa das mais fáceis. A China já tentou por diversas vezes bloquear a plataforma, mas rapidamente apareciam outras conexões ao serviço. As medidas francesas ainda estão longe de se tornarem leis, e as propostas serão apresentadas somente no próximo ano.

Ao banir o Tor e tentar medidas que dificultem a privacidade dos usuários, a França se une a outros governos em todo mundo que também exigem maior controle da rede. Muitas lideranças políticas têm lutado contra a criptografia. Apesar disso, empresas de tecnologia foram duras em não enfraquecer os sistemas em seus aparelhos e serviços online.

Fontes: Le Monde, Gizmodo

Fonte: http://gizmodo.uol.com.br/proposta-francesa-quer-banir-rede-tor-em-resposta-aos-ataques-terroristas/