Facebook Messenger é alvo de novo golpe que rouba senhas dos usuários

Por Redação | 22 de Novembro de 2016 às 13h21

Um novo golpe vem sendo aplicado por cibercriminosos no Facebook Messenger. O objetivo é o mesmo de sempre: roubar senhas e dados financeiros dos usuários do mensageiro instantâneo.

A ação se desenrola em torno do envio de um link malicioso, que engana as vítimas por aparentemente redirecioná-las para uma imagem no formato SVG. Ao clicar no endereço malicioso, os incautos são encaminhados para uma versão falsa do YouTube, que pede para instalar uma extensão antes de assistir ao vídeo. Ao aceitar a instalação, a desgraça está feita.

Malware chega em forme de link para uma imagem no formato SVG (Reprodução: Bart Parys)

Ao invés de uma extensão, a vítima acaba instalando um malware, que atuará em segundo plano no computador coletando todas suas credenciais de acesso a sites e serviços, além de informações bancárias e de cartão de crédito.

Além disso, o software malicioso sequestra a conta do Facebook do descuidado e envia o mesmo link para toda a lista de amigos, infectando todos os que clicarem na URL.

Em uma publicação em seu blog pessoal, o especialista em segurança de computadores Bart Parys afirma que a nova praga também abre brechas para que os cibercriminosos instalem ransonware no computador das vítimas. Esse seria o último estágio do golpe, bloqueando o computador da vítima e exigindo um pagamento para que ela recobre o acesso à máquina.

Ao clicar no link, usuário é redirecionado para uma página falsa do YouTube, que pede para instalar uma extensão. Ao fazer isso, vítima acaba instalando um malware em seu computador (Reprodução: Bart Parys)

Ainda de acordo com Parys, aparentemente o Google e o Facebook tomaram conhecimento da falha e já estão bloqueando a instalação da extensão maliciosa e filtrando o envio de links para imagens SVG.

Mesmo assim, a dica é desconfiar de links estranhos recebidos até mesmo de seus amigos. Nesses casos, evite clicar neles e pergunte se foram eles mesmo que enviaram a mensagem. Portanto, fique esperto e não caia nessa.

Via The Guardian, Bart Parys (blog)

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.