Facebook, Google e outras empresas adotam indicadores de veracidade

Por Redação | 17 de Novembro de 2017 às 09h08
público
Tudo sobre

Facebook

A Universidade de Santa Clara, situada no Vale do Silício e com tradição de aliar discussões sobre ética com inovação tecnológica, abriga o The Trust Project, um tipo de consórcio entre várias organizações de todo o mundo para diminuir o impacto das fake news na rede.

O intuito do projeto é criar, a partir de dados coletados sobre confiabilidade das notícias, autores e fontes, uma espécie de indicador de confiança para que os usuários tenham à uma ferramenta para indicar veracidade de um determinado conteúdo.

O vídeo abaixo, disponível apenas em inglês, apresenta o projeto de forma resumida e simples:

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Craig Newmark, criador do projeto e fundador da famosa Craigslist, diz que seu objetivo, com a iniciativa, é organizar profissionais da área de jornalismo e comunicação social para lidar com as avalanches de notícias falsas e todo o dano que elas causam.

Com novidades surgindo acerca do uso de fake news influenciando processos eleitorais, como no caso da Internet Research Agency russa que veiculou propaganda contra Hillary Clinton, ou o impacto que os boatos têm em decisões governamentais importantes, como a saída do Reino Unido da União Europeia, fica nítida a importância de se preocupar com a forma que as pessoas se relacionam com as mentiras e os rumores.

Andrew Anker, gerente de produtos do Facebook, publicou nesta quinta-feira (16) sobre os testes do recurso, que está disponível, desde ontem, aos usuários norte-americanos do Facebook como uma nova ferramenta de publicação. Até o presente momento não foram divulgadas datas para a adoção da novidade para usuários de outras regiões, inclusive o Brasil.

Nova ferramenta de Indicadores de Credibilidade do Facebook

Assim como o Facebook, o Google também está adotando o indicador de veracidade do The Trust Project, que aparecerá nos resultados de busca e em outros produtos Google, segundo pronunciamento oficial de Jeff Chang, gerente de produtos da empresa. O executivo afirmou que a inicitiva se faz necessária, pois mais de 50 mil páginas são atualizadas com informações todos os dias e tais informações precisam oferecer ao usuário mais segurança. 

Outras empresas de mídia também estão adotando os Trust Indicators, como o Economist e o Washington Post. O WordPress também vai tornar disponível a ferramenta para alguns usuários qualificados.

Fonte: Santa Clara University

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.