Jovem que impediu avanço do ransmoware WannaCry pelo mundo é preso

Por Redação | 03.08.2017 às 16:30 - atualizado em 03.08.2017 às 16:46

Na quarta-feira (2), o jovem que conseguiu impedir que o ransomware WannCry se alastrasse ainda mais ao redor do mundo foi preso pelo FBI, nos Estados Unidos. Apesar de ainda não estar claro o motivo da prisão, é sabido que Marcus Hutchins estava trabalhando com serviços de segurança cibernética para a Inglaterra.

O jovem de 23 anos foi detido enquanto participava de duas conferências de hackers em Las Vegas, a Def Con e a Black Hat. Conhecido como “Malware Tech”, Hutchins não ofereceu resistência à voz de prisão, mas o Centro de Segurança Cibernética Nacional afirmou que seria “inapropriado” comentar sobre a atuação das autoridades neste caso, ao menos por enquanto.

O WannaCry foi um ataque de ransomware que afetou vários países no mês de maio, chegando ao Brasil. Muitas empresas e organizações, como a Telefónica espanhola e o Hospital do Câncer de Barretos foram afetados, tendo seus computadores inutilizados durante o pedido de pagamento para o resgate.

O ransomware foi construído para explorar vulnerabilidades de Windows, afetando redes inteiras e, literalmente, sequestrando seus dados, com a promessa de liberação após o pagamento de um determinado valor em bitcoins.

Fonte: Telegraph