Estado Islâmico explodiu drone para matar soldados

Por Redação | 13 de Outubro de 2016 às 12h54
photo_camera Reprodução/YouTube

Autoridades do Pentágono descobriram uma nova forma de ataque do grupo terrorista Estado Islâmico (ISIS): eles usaram um drone-bomba para matar dois combatentes curdos neste mês.

Os soldados derrubaram um modelo comercial de veículo aéreo não tripulado no norte do Iraque e o levaram para o acampamento militar, um pouco mais afastado do local. No entanto, durante a desmontagem do drone, ele explodiu e matou dois oficiais, além de deixar dois membros das Forças Especiais do exército francês.

O Estado Islâmico já havia usado drones anteriormente, mas apenas para fins de vigilância. O veículo explosivo é uma novidade dentro do ISIS e pode apontar para um grande problema, uma vez que relatos dizem que o grupo tentou usar este tipo de arma ao menos duas outras vezes no mês passado. Comandantes do Iraque já emitiram um alerta para que qualquer objeto similar aos drones seja tratado como potenciais dispositivos explosivos.

Dos três ataques conhecidos com drone que aconteceram no Iraque, apenas o que envolve os soldados curdos deixou vítimas. "O dispositivo explosivo no interior do drone estava disfarçado como uma bateria – havia uma quantidade muito pequena de explosivos na mesma, mas foi o suficiente para matá-los", disse um oficial sênior americano que forneceu um relatório detalhado sobre o episódio.

Fonte: The New York Times

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.