Empresas brasileiras são foco de ataques de sequestros de dados

Por Redação | 10 de Agosto de 2015 às 17h34

De acordo com uma recente pesquisa realizada pela PricewaterhouseCoopers (PWC), cerca de 20% das empresas no Brasil apontaram os atos de organizações criminosas como fontes de incidentes de segurança, tornando o Brasil o terceiro país com maior índice de sequestro de dados do mundo. Segundo o CEO da E-TRUST, Dino Schwingel, empresa de soluções de segurança corporativa, um dos motivos para o desenfreado crescimento dos ataques a empresas é a mudança na estratégia dos criminosos, que diminuíram o valor do resgate e aumentaram os alvos.

Schwingel explicou que "até um ano e meio atrás, os criminosos exigiam valores altos para o resgate de dados, sendo que na maioria das vezes as vítimas não tinham recursos financeiros para ceder à chantagem e arcavam com os transtornos de um sistema bloqueado". Ao perceberem que estavam perdendo dinheiro e tempo, os atacantes mudaram sua estratégia, passando a diminuir consideravelmente os valores de resgates.

"O que antes era prejuízo virou algo lucrativo, porque a vítima passa a ponderar o que é melhor: pagar este valor baixo e recuperar todos os dados ou ter que formatar o computador e perder todas as informações sigilosas", explicou o CEO.

A maneira mais comum de um usuário se tornar vítima do golpe é realizar o download de softwares anunciados como ferramentas de segurança, mas que na verdade permitem criptografar todas as informações presentes no computador e bloqueá-las para solicitar um resgate.

O CEO da E-TRUST fornece dicas para os usuários se protegerem contra ataques, principalmente em suas empresas. "O mais importante para as pessoas manterem seus dados e sistemas protegidos é possuir um antivírus e mantê-lo sempre atualizado. A falta de manutenção irá acarretar a não detecção de ameaças", afirma Schwingel. Outro procedimento que é bastante importante para a segurança dos dados é a realização de backups, ou cópias de segurança, que podem ser mantidas em drives externos ou em nuvem.

Via Conteúdo Empresarial

Fonte: http://www.bitmag.com.br/2015/08/criminosos-focam-no-sequestro-de-dados-de-empresas-brasileiras/http://www.conteudoempresarial.com/release/mudanca-na-estrategia-de-criminosos-aumenta-indice-de-sequestro-de-dados-de-empresas-brasileiras/

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.