Em carta, Apple diz que não faz uso indevido de dados de usuários para anúncios

Por Natalie Rosa | 08 de Agosto de 2018 às 10h19
Tudo sobre

Apple

Um dos maiores medos das grandes empresas de tecnologia é, um dia, receber uma carta do governo pedindo que elas expliquem determinados serviços. Isso significaria um possível problema com a Justiça, com os investidores e, claro, os clientes.

Uma carta recebida recentemente pela Apple da Comissão de Energia e Comércio dos Estados Unidos questionava práticas de rastreamento dos usuários e interações diversas em serviços oferecidos nos iPhones e a possibilidade de isso acontecer sem o conhecimento do usuário.

Em resposta, Timothy Powderly, diretor responsável pela discussão de assuntos do governo federal da Apple, contou que a Maçã tem uma abordagem diferente das outras empresas quando se trata desse assunto e que o bem-estar do usuário é sempre priorizado.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"A filosofia e aproximação da Apple para os dados de usuários diferem de muitas outras companhias neste tema tão importante. Nós acreditamos que a privacidade é um direito humano fundamental e propositalmente desenvolvemos nossos produtos e serviços para minimizar a coleta de dados de nossos clientes", garantiu Powderly.

O diretor também conta que, para a Apple, o cliente não é um produto e que seus modelos de serviço não dependem de coletar uma grande quantidade de informações pessoais para enriquecer os materiais para anunciantes.

A carta à Comissão explica detalhadamente todas as informações referentes aos seus serviços de localização em segundo plano. A Apple, portanto, parece segura e transparente quanto às questões de privacidade e nenhuma informação chocante foi revelada desta vez.

A carta está disponível online para ser lida na íntegra, em inglês.

Fonte: TechCrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.