Cuidado! Site clonado do Banco do Brasil quer roubar dados bancários de clientes

Por Redação | 26 de Julho de 2017 às 10h26

Golpes que pedem às vítimas atualização de seus dados bancários estão cada vez mais comuns. Desta vez o site atualizarconta.com tem pedido para que as pessoas preencham dados bancários do Banco do Brasil e até mesmo o número de identificação único do celular, o IMEI. A página falsa é muito similar ao site oficial do Banco do Brasil e, por isso, pode confundir alguns usuários desatentos.

Especialmente na versão mobile, o site, que está vinculado a um indivíduo chamado Roberto Rubens, do Rio de Janeiro, comporta-se da mesma maneira que a página do BB. Como o golpe é disseminado por SMS, a probabilidade de os criminosos enganarem as vítimas é ainda maior.

No entanto, mesmo diante da similaridade, é possível notar sem muita dificuldade que a página é suspeita. No rodapé, ao lado do ícone de ligação, aparece a frase "Ligue pra nóis" (sic). No site oficial do Banco do Brasil não há erros de português e isso já deveria ser o suficiente para que os usuários não preenchessem as informações solicitadas antes de ao menos entrarem em contato com o banco.

O Banco do Brasil informou que não faz ligações aos seus clientes, nem envia mensagens ou links pedindo senhas aos seus clientes. Novamente, o banco pede para que os usuários de conta corrente, poupança ou de qualquer outro serviço da instituição não informem suas senhas ou números de cartões sem antes terem certeza da autenticidade de quem está fazendo a solicitação. Para os clientes que tiverem alguma dúvida, o banco disponibiliza o site BB Segurança para tirar dúvidas e receberem orientações sobre comportamento seguro.

"Ao tomar conhecimento das mensagens, o Banco denuncia os sites que são utilizados com a finalidade criminosa, para que sejam bloqueados e o conteúdo retirado do ar", informou o banco. Os clientes que receberem solicitações clandestinas como a relatada aqui podem enviar um e-mail para abuse@bb.com.br para que as providências possam ser tomadas.

Fonte: Exame

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.