Coreia da Norte estaria desenvolvendo um spyware para iPhones, diz pesquisador

Por Ramon de Souza | 11 de Maio de 2018 às 15h43
photo_camera Bitcoin News

Tudo indica que a Coreia do Norte está trabalhando em uma forma de espionar iPhones. Um pesquisador de segurança conhecido como Darien Huss afirma ter colocado as mãos em um software desenvolvido no país e que tem como objetivo permitir o monitoramento remoto do gadget infectado; para enganar os usuários, o programa se passa por uma simples ferramenta de gerenciamento de dispositivos.

À Forbes, Huss afirmou que o spyware estaria guardado em um servidor coreano que abriga outros recursos de espionagem, incluindo malwares remotos para Windows. Obviamente, para que o software funcione corretamente, é necessário que o dispositivo-alvo esteja desbloqueado com jailbreak — um processo que, como todos sabem, torna qualquer aparelho iOS bem mais vulnerável a ataques.

O pesquisador acredita que o desenvolvimento do software está a cargo de um grupo de hackers ligado ao governo norte-coreano. “É algo que devemos ficar de olho. Eu acredito que eles são um grupo grande e se você pensar neles como uma empresa, eles têm ciclos de desenvolvimento”, explica Huss. “Eles acumulam coisas internamente e em algum momento soltam para o público… Eu acho que pegamos eles durante testes internos”, conclui.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: Forbes

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.