Como melhorar a segurança do dispositivo e evitar ciberataques

Como melhorar a segurança do dispositivo e evitar ciberataques

Por Fabio Lima | 02 de Agosto de 2021 às 10h00
Divulgação / Lenovo

A pandemia chegou, nossa rotina mudou e, para aqueles que puderam trabalhar de casa, a vida ficou ainda mais online. No entanto, nem todos que estão reclusos estão protegidos. Se no mundo físico a ameaça de contaminação pela COVID-19 diminui com o distanciamento social, por outro lado, quanto mais tempo passamos online, mais próximos estamos de um ataque virtual.

A migração de muitos profissionais de dentro dos escritórios para o ambiente doméstico abriu algumas portas e eliminou camadas de segurança. Na maioria das empresas existem estruturas como VPN (Virtual Private Network), que faz um túnel para a passagem dos dados de ponta a ponta e Firewall (em tradução livre é a porta corta fogo), que previne a entrada de acessos maliciosos. Já no ambiente doméstico, não temos essas mesmas proteções.

Especialistas em segurança cibernética advertem que a grande maioria desses ataques não acontece de forma direta, como se você estivesse em seu computador e, repentinamente, alguém acessasse todos os seus dados. Em geral, você receberá alguma mensagem com link via WhatsApp ou e-mail, que irá lhe parecer familiar, mas são impostores se passando pelo seu banco, pela loja online em que você compra com frequência, ou até mesmo órgãos governamentais solicitando regularização de suas informações, entre outros. Basta uma pequena distração para compartilharmos dados que permitem este acesso.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Pequenas ações do dia a dia podem garantir a segurança do seu PC ou smartphone (Imagem: Divulgação)

Além de estarmos atentos, existem outras dicas para manter o nível de segurança no trabalho à distância mesmo sem as barreiras de proteção existentes nas empresas:

Mantenha as atualizações em dia

É importante manter a atualização do sistema operacional, das definições do antivírus e de outros softwares em dia. Estamos sempre ocupados e postergamos as atualizações que muitas vezes podem ter identificado ameaças globais e já trazem uma atualização que irá proteger o sistema. Reserve um tempo do seu dia para esta finalidade.

Atenção com dispositivos desconhecidos 

Sabe aquele pen drive que está em alguma gaveta e você resolve que vai utilizá-lo para transferir dados de um computador para outro? Você sabe por onde esse pen drive andou? Em quais equipamentos foi utilizado antes do seu? Basta uma conexão via USB para qualquer software malicioso se aproveitar e se instalar em seu equipamento.

Cuidado com links suspeitos

Na hora de acessar os sites, nunca utilize links recebidos por mensagens de WhatsApp ou e-mail. Entre em seu navegador preferido e digite o endereço, ou utilize os links que você já salvou em seus favoritos.

Exclua aplicativos e softwares não utilizados

Cada aplicativo do seu smartphone e software em seu computador pode ser uma eventual porta de entrada. Portanto, é importante deixar instalado apenas aquilo que você utiliza. Dedique um tempo para verificar tudo aquilo que está instalado e que você não utiliza mais para remover e, assim, manter seu sistema mais seguro.

Controle parental 

Se você tem crianças em casa, além das dicas acima, vale também utilizar um software de controle dos pais, para filtrar o conteúdo e sites que podem ser acessados.

*Artigo produzido por colunista com exclusividade ao Canaltech. O texto pode conter opiniões e análises que não necessariamente refletem a visão do Canaltech sobre o assunto.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.