Apple dará recompensas a quem encontrar falhas de segurança no iOS

Por Redação | 04 de Agosto de 2016 às 23h48

Seguindo a tendência de outras gigantes da tecnologia, nesta quinta-feira (4) a Apple anunciou seu programa de recompensas para quem encontrar falhas de segurança no software da companhia. A novidade foi divulgada pelo diretor de segurança da Maçã, Ivan Krstic, durante uma conferência de cibersegurança em Las Vegas, Estados Unidos.

"Temos o prazer de anunciar o programa de recompensa para segurança da Apple", disse o executivo, que também forneceu detalhes técnicos da abordagem da companhia para proteger os dados de seus usuários. Segundo as informações, a empresa está se dispondo a pagar até US$ 200.000 para os "caçadores de vulnerabilidades".

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

As recompensas para encontrar erros ou falhas têm sido uma tradição entre os grandes fornecedores de software, empresas de internet e outras companhias que dependem de computadores, como Microsoft, Yahoo, Chrysler e United Airlines. No mês passado, por exemplo, o Google afirmou que em 2015 pagou um total de US$ 550 mil a pessoas que descobriram vulnerabilidades no Android. Em fevereiro, o Facebook disse que, desde 2011, o seu programa de recompensas desembolsou US$ 4,3 milhões para mais de 800 hackers em todo o mundo.

O objetivo dos programas é incentivar as pessoas a reportar falhas para que as empresas corrijam problemas e, ao mesmo tempo, desencorajar hackers a explorar falhas ou vender informações para terceiros. Para isso, a Apple começará a colocar a novidade em prática em setembro.

Os valores que serão pagos terão variação de acordo com a importância da vulnerabilidade descoberta, de US$ 25 mil a US$ 200 mil. Por enquanto o programa não será aberto ao público, ficando restrito a uma dúzia de caçadores que já trabalharam na companhia. Além disso, pelo menos a princípio, o programa terá como foco o seu sistema operacional para dispositivos móveis, iOS.

Fonte: Mashable

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.