App falso de recarga de créditos dissemina malware nos smartphones

Por Redação | 15 de Julho de 2016 às 14h45

Atualmente existe uma quantidade muito grande de apps feitos exclusivamente para facilitar em ações básicas do dia-a-dia, como pagamento de contas, consulta de saldos e recarga de créditos para o celular. Porém essa facilidade está posta à risca, porque eles podem conter vírus escondidos em seu código.

Um malware (que é como se fosse um programa construído especificamente para causar danos ao sistema operacional), contendo um vírus chamado de Tim.AndroRat está circulando pela internet simulando o aplicativo de recargas da operadora de telefonia TIM, o "Recarga Tim". Este malware, assim que instalado, permite que hackers tenham acesso a mensagens de texto, localização, senhas e qualquer outras informações armazenadas no aparelho.

O malware usa o código original do aplicativo, com exceção dos que são nativos do sistema operacional. Ao instalar o app, o usuário também acaba "autorizando" que hackers concluam ações remotas como chamadas, instalação de app e envio de mensagens SMS. A estrutura da aplicação não foi alterada, apenas acrescentaram o conjunto de subprogramas do AndroRat de acesso remoto.

Em resposta ao Canaltech, a TIM comentou sobre o incidente, afirmando que seus aplicativos e serviços atendem o mais rígidos padrões de segurança.

"A empresa já havia detectado a ameaça mencionada e está tomando as providências necessárias, considerando que esse tipo de ação é crime cibernético. A companhia orienta que o app Recarga TIM seja sempre baixado pela lojas oficiais Google Play (Android) e App Store (iOS)", explicou a operadora em nota.

Fonte: UOL

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.