Adolescente americano está sendo procurado por invadir email do diretor da CIA

Por Redação | 20 de Outubro de 2015 às 13h56

Um adolescente americano está sendo procurado por ter conseguido hackear uma conta de email de John Brennan, diretor da CIA, e passar detalhes do conteúdo do endereço eletrônico para o jornal New York Post. O email se trata de uma conta pessoal usada pelo diretor para tratar de assuntos profissionais.

O jovem provou ao jornal que efetuou o ataque mostrando um documento de 47 páginas sobre a CIA, classificado como secreto. Quando Brennan descobriu o ataque, deletou o email. O hacker também encontrou informações pessoais, como o número de segurança social, que funciona como se fosse um CPF, dados de funcionários com cargos altos da CIA, além de uma carta do governo sobre o uso de técnicas de interrogação severas em suspeitos de terrorismo.

Identificado como CWA (Crackas With Attitude), o garoto diz agir com a ajuda de um colega de classe e justificou o ataque afirmando que não concorda com a política exterior dos Estados Unidos e por ser contra o apoio do país em relação à criação de um estado palestino.

Ele conta ainda que usou a engenharia social para acessar os dados de Brennan, enganando os funcionários da operadora de telefonia Verizon para obter o número de segurança social do chefe da CIA, precisando então somente resetar a senha da conta de email.

Em um comunicado oficial, a CIA diz estar ciente das notícias e estar tomando medidas cabíveis com as autoridades.

Fonte: Gizmodo, New York Post

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.