Vulnerabilidade no Adobe PDF Reader ajuda na distribuição de vírus

Por Redação | 14 de Fevereiro de 2013 às 00h05

A empresa de segurança FireEye revelou uma nova vulnerabilidade no Adobe PDF Reader que permite a entrada de códigos maliciosos no computador do usuário através do programa. O "zero-day" exploit está presente nas versões mais recentes (9, 10 e 11) do programa.

De acordo com a empresa, a falha fornece ao usuário dois arquivos .dll. O primeiro mostra uma mensagem de erro e, em seguida, abre um documento pdf usado como disfarce. Ao mesmo tempo, o segundo .dll instala um componente malicioso no computador. Segundo a empresa, ainda não está claro como o malware está sendo distribuído.

Segundo a FireEye, usuários devem evitar a abertura de arquivos PDF de fontes desconhecidas enquanto não for encontrada uma solução para o problema. Outra sugestão é que internautas desabilitem o plugin do Adobe PDF em navegadores e recorram a alternativas também gratuitas de leitura do arquivo, como o Foxit, PDF X-Change ou o Google Drive.

A Adobe afirmou que já está investigando o caso, mas ainda não tem um prazo para liberar uma correção para o sistema.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.