Symantec: 42% das empresas da América Latina sofreram com perdas mobile em 2012

Por Redação | 21.02.2013 às 20:48

Uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira (21) pela Symantec revela que 42% das empresas da América Latina sofreram com algum tipo de perda de dados móveis em 2012.

Realizado com 3.236 empresas de 29 países, o levantamento as dividiu em dois grupos principais: as companhias chamadas de "inovadoras", mais dispostas a adotarem novas tecnologias em seus negócios, e empresas "tradicionais", mais resistentes.

Entre as consideradas empresas "inovadoras", 84% delas estão implementando soluções de mobilidade imediatamente. Na América Latina, o número é de 32%. Entre os inovadores latinoamericanos, 56% afirmam que os benefícios trazidos pelas tecnologias móveis superam os riscos. Do lado das empresas tradicionais, 66% acreditam que os riscos não compensam.

Quando questionado sobre quais as perdas que haviam sofrido em consequência de tecnologias mobile nos últimos 12 meses, 42% das empresas mencionaram a perda de dados, seja via empregados ou clientes. A perda de produtividade foi mencionada por 35% das empresas, e o aumento de custo, por 33%. Nesse aspecto, as empresas inovadoras tiveram em média duas vezes mais incidentes envolvendo tecnologias mobile, como perda de dispositivos e violações de dados, gerando multas e perda de receita.

Ainda assim, essas empresas afirmaram estarem obtendo um crescimento de receita quase 50% superior às tradicionais, e observam resultados positivos como aumento de produtividade, agilidade e aprimoramento no valor da marca.