Sistema vai permitir que celular se “suicide” de acordo com a localização

Por Redação | 28.01.2014 às 18:06
photo_camera Divulgação

A WhisperSystems está prestes a lançar um novo aplicativo voltado para delatores e participantes de protestos em países árabes. Chamado Zones, o sistema de segurança permite que o usuário configure zonas geográficas proibidas, fazendo com que o celular se “suicide” caso o GPS passe por elas, apagando contatos, mensagens, fotos e todo tipo de dados presentes no aparelho.

Essa, na verdade, é apenas a principal função do software que, segundo a desenvolvedora, deve chegar à loja online Google Play em fevereiro. O Zones também conta com um sistema de alertas que, ao detectar a presença do aparelho em regiões também pré-configuradas, é capaz de enviar um SMS ou email com a localização e um pedido de socorro.

Para os desenvolvedores, é mais uma maneira de ajudar gente que pode acabar presa injustamente ou deportada durante protestos. Como o sistema depende apenas de dados do GPS, ele pode ser utilizado até mesmo de maneira offline ou em locais sem cobertura de dados, desde que, claro, o smartphone não esteja fora de área. As informações são do The Register.

Por fim, o Zones conta também com a função mais simples e conhecida, a de bloquear ou deletar todo o conteúdo do celular por meio do envio de um SMS com uma senha. Caso a ideia seja recuperar o aparelho, porém, também é possível ativar alertas sonoros ou receber a localização geográfica do celular por email, como já acontece nos sistemas convencionais do tipo.

A solução, como as outras da WhisperSystems, será liberada gratuitamente. A empresa ficou conhecida durante os protestos no Egito, que levaram à deposição do regime de Hosni Mubarak. Na época, a empresa liberou dois apps, o TextSecure e o Redphone que, respectivamente, permitiam o envio de mensagens de texto e a realização de ligações fortemente criptografadas, aumentando a segurança dos envolvidos nos protestos.

Hoje, a companhia pertence ao Twitter e, de forma paralela ao seu trabalho com a rede social, realiza desenvolvimento de aplicativos de encriptação e segurança. De acordo com a WhisperSystems, o trabalho atual no Zones se concentra em garantir uma maior autonomia de bateria com o app em funcionamento e a melhoria da precisão da geolocalização.