Saiba como seu site pode ser usado para espalhar malwares e se proteja

Por Redação | 27 de Março de 2014 às 16h20
photo_camera gualtiero boffi

Foto: gualtiero boffi/Shutterstock

Mesmo com muito planejamento e a ideia de negócio perfeita, há páginas na internet que simplesmente não decolam. Às vezes não é nem culpa do administrador: acontece que ela foi utilizada para distribuir malwares e acabou sendo marcada por páginas de pesquisa como um site perigoso. Sua reputação vai lá para baixo, assim como o número de page views.

Para não correr o risco de perder seu negócio na Web, o iMasters publicou algumas dicas muito importantes para se prevenir desses softwares mal intencionados e hackers.

Por que alguém invadiria o seu site?

Infelizmente, há inúmeros motivos para um hacker se interessar no seu site, especialmente se ele estiver fazendo sucesso. Aqui vão alguns dos mais importantes:

  • Ter acesso ao seu banco de dados e às informações dos seus clientes, incluindo de cartão de crédito;
  • Envio de spam;
  • Infectar os computadores de seus usuários para ter acesso aos dados pessoais deles;
  • Exibicionismo (há pessoas que querem mostrar seu conhecimento técnico e o fazem hackeando páginas alheias);
  • Comprometer as credenciais de autenticação dos usuários;
  • Realizar compras fraudulentas;
  • Pegar informações sobre a sua empresa.

São inúmeros os meios utilizados pelos hackers para contaminar um site, mas os principais deles são:

  • Vulnerabilidades: se você utiliza alguma plataforma em seu site, tenha cuidado. Se ela tiver alguma vulnerabilidade, um indivíduo mal intencionada pode explorá-la para ter acesso ao seu servidor;
  • Senhas: infelizmente, a falta de segurança em senhas ainda é um problema muito comum. As pessoas colocam qualquer palavra por preguiça de pensar em algo melhor e acabam criando uma vulnerabilidade desnecessária. Lembre-se: caracteres especiais, letras maiúsculas e minúsculas, letras aleatórias e números são ótimas maneiras de aumentar a sua segurança. Nada de "senha" como senha!
  • Computador infectado: um bom antivirus atualizado e bom senso na hora de acessar páginas da web são ótimas maneiras de evitar este problema. Se o computador que acessa o servidor da sua página está infectado, você pode acabar entregando suas senhas e seus dados sem nem saber.

Como evitar?

O administrador da rede é responsável pela segurança do servidor. É indicado que ele utilize um anti-malware com frequência a fim de identificar malwares na página e poder removê-los do código. Com isso você evita entrar nas blacklists de sites de pesquisa.

Um scanner de vulnerabilidade também pode ser uma boa pedida. Essa ferramenta faz uma vistoria no código da sua página e procura por vulnerabilidades que possam ser exploradas, identificando possíveis ataques que podem ser feitos ao seu site. Assim, o administrador sempre estará atento e pronto para melhorar a segurança.

Lembre-se: não arrisque a sua reputação! Certifique-se de que o seu site está totalmente seguro e previna-se contra ataques de pessoas mal intencionadas.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.