SPAMs infectam computadores usando atentado de Boston e explosões do Texas

Por Colaborador externo | 22.04.2013 às 15:04

* Por Rafael Amaral

O atentado terrorista na maratona de Boston e as explosões que aconteceram em uma fábrica no Texas, serviram de isca para infectar. Como? Explico, em apenas poucas horas dos acontecimentos, crackers já enviavam e-mails SPAM com assuntos relacionados aos acontecimentos. Os e-mails são sempre sobre informações, dados e vídeos sobre o atentado terrorista e sobre o incêndio. A estimativa é que estes spams representem 20% dos spams de todo o mundo nos próximos dias.

Em levantamento da Bitdefender, nos 2 milhões de amostra de e-mails considerados spams, foram detectados centenas de milhares que prometiam fornecer noticias, informações e vídeos sobre o ataque terrorista que ocorreu durante a Maratona de Boston. Dentre as ameaças encontradas, foi detectado o poderoso e perigoso RedKit.

Os prejuízos causados pelo download do RedKit são enormes. Dentre as ameaças está o Trojan GenericKDZ.14575, que é um ladrão de senhas e dados dos usuários. Além disto, ele analisa o trafego da rede corporativa e é capaz de enviar e-mails e roubar outras contas.

Os e-mails de spam com o assunto sobre o incêndio no Texas aparentemente é dos mesmos criadores do spam sobre o atentado em Boston, pois tem a mesma aparência, o mesmo modo de operar e ambos fazem o download do RedKit. Os ataques vem de diversos IPs localizados nos Estados Unidos, Japão, Ucrânia, Rússia, China, Taiwan e Argentina. Para se prevenir destas ameaças é importante ter um bom antivírus e mantê-lo sempre atualizado.

* Rafael Amaral trabalha na empresa de segurança PC Blindado S.A.