Protegendo o celular nesse Carnaval

Por Mariano Sumrell | 25 de Fevereiro de 2014 às 10h51

No final da década de 80, o Cordão do Bola Preta, um dos mais tradicionais blocos de carnaval do Rio de Janeiro, reunia não mais que 5 mil pessoas curtindo a folia. No meio de toda a animação era possível encontrar uma pessoa com quem se tinha marcado encontro, ou não perder aquela paquera no meio da multidão.

Hoje, o Bola Preta reúne mais de dois milhões de pessoas não menos animadas. Nessa situação, o celular pode ser um companheiro de folia valioso para encontrar as pessoas conhecidas, saber o horário dos blocos e as condições de trânsito para chegar neles. Mas no meio de toda essa multidão que toma as ruas é preciso muito cuidado para não ter o celular furtado ou perdê-lo. Não deixá-lo no bolso de trás da bermuda ou shorts, ficar atento a quem se aproxima muito de você e não deixá-lo nas mesas de bares e restaurantes quando fizer uma pausa para aquela refrescada são algumas dicas que diminuem muito a possibilidade de perda ou furto do aparelho.

Mas, às vezes, mesmo com todo o cuidado, o celular pode ser perdido ou roubado. O que fazer nessa hora?

Em primeiro lugar, é necessário bloquear o SIM (chip) com a operadora para não ter de pagar ligações até para o Japão. Em segundo lugar, você pode torná-lo inútil para quem o pegou. Para isso, você vai precisar informar o IMEI do celular para a sua operadora de forma que ele não possa mais ser utilizado, mesmo se o cartão SIM for trocado. Antes de pedir o bloqueio é necessário fazer um Boletim de Ocorrência numa delegacia de polícia. O IMEI é um código único para cada celular usado para identificá-lo. Para descobrir o IMEI de seu telefone, tecle o código *#06#. Anote seu IMEI e guarde num lugar seguro. Se você por acaso não fez isso antes de cair na folia, o IMEI também pode ser encontrado na caixa do aparelho ou na nota fiscal.

Mas e aquela quantidade enorme de informação que você tem no celular: fotos, contatos, agenda e anotações? Você não quer perder essas informações e muito menos que elas caiam em mãos erradas, não é mesmo? Para isso é preciso tomar algumas providências. Primeiro você deve fazer sempre um backup do seu celular. Tanto o Android quanto o iOS permitem que você sincronize os dados na nuvem. Como alternativa, existem diversos aplicativos para fazer backup na memória SD.

Para bloquear o celular e apagar os dados remotamente você precisa ativar essa funcionalidade no iPhone ou instalar um programa de segurança no Android que faça isso. Mas atenção, essa funcionalidade já tem de estar ativada quando você perder o seu celular.

Por fim, você também pode tentar localizar pela internet o seu celular antes de bloqueá-lo a apagá-lo. Muitas vezes uma pessoa honesta pode encontrá-lo (sim, isso acontece). O iPhone tem essa funcionalidade e o mesmo programa de segurança do Android que faz o bloqueio também faz isso.

Tomando esses cuidados você poderá e curtir o Carnaval com tranquilidade!

Mariano Sumrell é especialista em Segurança e diretor de Marketing da AVG Brasil, uma das principais empresas de antivírus com presença em todo o globo.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.