Presidente Dilma anuncia serviço de e-mail seguro para funcionários do governo

Por Redação | 14 de Outubro de 2013 às 12h22

Dilma Rousseff voltou às redes sociais recentemente - e até bateu um papo com sua "sósia", a Dilma Bolada. E foi através do Twitter que a presidente anunciou neste domingo (13) um novo sistema de proteção para os e-mails oficiais do governo federal. A ferramenta deve estrear no segundo semestre de 2014.

"Determinei ao Serpro implantação de sistema seguro de e-mails em todo o governo federal. Esta é a primeira medida para ampliar privacidade e inviolabilidade de mensagens oficiais", disse Dilma em seu perfil no microblog. "É preciso mais segurança nas mensagens para prevenir possível espionagem".

As contas terão um mecanismo de segurança desenvolvido pelo Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados) com o objetivo de driblar novos casos de monitoramento indevido. Segundo a Folha de S. Paulo, o Serpro já estava em parceria comercial para desenvolver um sistema nacional de e-mail seguro, encomendado pelo Ministério das Comunicações.

Empresas e organizações privadas podem ser inclusas no serviço caso o patrocinem. Neste caso, além de ajudarem no aperfeiçoamento da ferramenta, terão anúncios exibidos na tela do programa.

Para usuários comuns

Em contrapartida ao serviço voltado apenas para quem trabalha no governo, o grupo Correios anunciou em setembro o chamado "Mensageria Digital". A novidade faz parte da plataforma Correio Digital, um serviço pago de mensagens para empresas, e deve estar disponível no fim do primeiro semestre de 2014.

A ideia de criação da ferramenta partiu semanas após o caso de espionagem dos Estados Unidos sobre a presidente Dilma ser revelado pelo ex-funcionário da Agência Nacional de Segurança, Edward Snowden. Na época, inclusive, o governo brasileiro cobrou explicações dos EUA acerca das acusações.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.