Polícia israelense se desconecta da internet devido a ameaça de vírus

Por Redação | 26.10.2012 às 11:54

Nesta quinta-feira (25), a polícia de Israel deu ordens a todos os seus escritórios espalhados pelo país que se desconectassem da internet devido a iminente ameaça de vírus. Os agentes da polícia receberam informações sobre a realização de um ciberataque. As informações são do jornal A Folha de S. Paulo.

As autoridades determinaram que os computadores fossem desconectados da rede civil de internet e mantidos apenas na rede interna da polícia. Além disso, as instruções impediam que os funcionários dos escritórios utilizassem pen-drives ou até CDs nos computadores.

Hacker

A imprensa local afirmou que o país sofreu outro ciberataque na última semana

Especialistas já estão trabalhando para tentar identificar se alguns de seus sistemas foram atingidos pelo ataque. O premiê israelense, Binyamin Netanyahu, afirmou recentemente que temia ataques virtuais provenientes de seus inimigos, na tentativa de derrubar a infraestrutura de informática do país.

Ontem (25), a imprensa local afirmou que Israel foi alvo de um ciberataque na última semana, atingindo sites de ministérios e outros órgãos governamentais com a implantação de um 'cavalo de Troia' através de um e-mail com o nome do chefe do Exército, Benny Gantz.