Pesquisa aponta que 90% dos aplicativos para iPhone contêm falhas de segurança

Por Redação | 20 de Novembro de 2013 às 20h35

Segundo informações do ZDNet, a HP Fortify, marca de produtos de segurança da Hewlett-Packard, realizou um teste automatizado com 2107 aplicativos para iPhone criados por 601 desenvolvedores. O resultado foi alarmante, já que 90% apresentavam falhas de segurança.

Os resultados foram divulgados nesta segunda (18). Foram encontrados problemas básicos, como ausência de criptografia na troca de informações entre o smartphone e um servidor na internet ou o armazenamento de dados de maneira insegura no aparelho.

Também foram detectados problemas como a ausência do uso de recursos de segurança no código fonte do aplicativo antes dele ser compilado e transformado no app que usamos diariamente em nossos aparelhos. Fora deles, também foram encontrados problemas nos servidores com os quais os applicativos se comunicam. Segundo a HP, 71% das ameaças que podem colocar os usuários em risco estavam nos servidores dos aplicativos.

Cerca de 36% dos apps testados não criptografavam as informações trafegadas ou não faziam isso de maneira correta. Setenta e cinco por cento do total não armazenava os dados de maneira segura no aparelho.

Já 86% dos apps testados não usava boas práticas de segurança no código-fonte antes de compilá-lo. Apesar de apenas aplicativos para iPhone terem entrado no teste, a HP acredita que os aplicativos para Android devem estar em condição similar.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.