Perseguidor ameaçou esfaquear modelo de lingerie pelo Facebook

Por Redação | 20 de Agosto de 2012 às 17h10

O FBI identificou o perseguidor da modelo de lingeries norte-americana Kourtney Reppert, que aterrorizou a moça pelo Facebook afirmando que iria esfaqueá-la e esquartejá-la se ela não parasse de modelar. Kourtney, 26 anos, foi perseguida durante meses pelo homem identificado como Luis Plascencia, de 47 anos.

Plascencia passou meses enviando mensagens para a modelo pelo Facebook e via e-mail, além de colecionar uma série de imagens de Kourtney em seu computador pessoal. O homem foi preso em sua residência em Chicago e deverá pegar até cinco anos de reclusão.

"Espero que você morra em um acidente de automóvel e que sua cara feia seja esmagada atrás do para-brisa e um grande pedaço de vidro corte sua garganta", afirmava uma das inúmeras mensagens enviadas por Plascencia à modelo.

De acordo com o Daily Mail, o homem, que mora com sua mãe, também é acusado de utilizar um computador na Biblioteca Pública de Chicago para enviar mensagens ameaçando a jovem e seus pais. As autoridades ainda acreditam que o perseguidor utilizou uma série de endereços de e-mail diferentes para amedrontar Kourtney.

Ao que tudo indica, Plascencia estava completamente descontrolado pelo fato de a modelo fazer fotos seminua, utilizando lingeries e biquinis. Os policiais ainda afirmam que o homem se fingiu de fotógrafo para contratar uma sessão de fotos com Kourtney.

O homem também enviou um CD com aproximadamente 234 imagens da modelo que ele colecionou nos últimos anos, afirma o jornal LA Weekly.

"Eu avisei antes sobre fazer isso e minha ira continuará até que você largue seu emprego de modelo e volte para a faculdade e para perto de sua família na Filadélfia. Eu sei onde você está a maior parte do tempo", afirmou um dos últimos e-mails enviados por Plascencia.

Kourtney Reppert relatou para as autoridades que ficou muito amedrontada com as ameaças do homem e contratou alguns seguranças particulares para a acompanharem no seu dia a dia. Os mesmos seguranças também foram os responsáveis por garantir que nada atrapalhasse sua festa de aniversário em abril deste ano.

"Este tem sido um momento muito estressante para mim e para a minha família", afirmou Kourtney em seu perfil no Twitter. "Vou permanecer positiva".

A modelo se mudou da Filadélfia para Los Angeles, Califórnia, no ano passado e desde então trabalha como hostess da mansão Playboy.

Modelo Kourtney Reppert perseguição Facebook

Kourtney ficou tão aterrorizada que contratou seguranças particulares

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.