Para manter privacidade, Tor cria serviço próprio de mensagens instantâneas

Por Redação | 05.03.2014 às 09:10

Com o objetivo de manter a privacidade dos usuários, o Tor está desenvolvendo seu serviço próprio de troca de mensagens instantâneas chamado de Tor Instant Messaging Bundle (TIMB). A ferramenta está sendo desenvolvida desde julho do ano passado, quando foram divulgados os casos de espionagem da Agência Nacional de Segurança dos EUA, a NSA. A previsão é de que o projeto seja lançado no final de março deste ano, segundo o site Ars Technica.

O TIMB irá permitir que pessoas se comuniquem em tempo real preservando suas identidades ao usar servidores de chat ocultos na rede do Tor, assim como serviços de mensagens comerciais na internet.

O Tor é uma rede construída sobre inúmeros servidores proxies que permitem aos seus usuários navegarem na internet de forma anônima ao criptografar os dados entre o usuário e o servidor. Com o novo recurso de comunicação, o serviço forçará todo o tráfego de mensagens instantâneas através da rede, estando ele dirigido a um servidor do Tor ou não.

O serviço de comunicação instantânea será baseado na ferramenta de código aberto instantbird, da Mozila. Ao que tudo indica, a escolha está relacionada ao comprometimento e esforço da empresa em manter a biblioteca da ferramenta, o que a faz ser segura e confiável.

Originalmente chamado de Attentive Otter, o TIMB recebe doações de uma organização anônima e seu primeiro lançamento experimental não deve incluir a capacidade “off the record”, ou seja ter conversas privadas com a assinatura digital que identifica o usuário. No entanto, a assinatura não poderá ser verificada por alguém de fora da conversa e não poderá ser usada para provar a identidade do usuário fora do TIMB.