Microsoft vai oferecer cursos gratuitos de cibersegurança em 100 cidades

Por Redação | 16 de Janeiro de 2015 às 17h15
photo_camera Divulgação
Tudo sobre

Microsoft

Com o objetivo de reforçar a segurança digital em várias partes do mundo, a Microsoft anunciou nesta quinta-feira (15) um projeto que levará workshops gratuitos sobre cibersegurança para 100 cidades ao redor do globo. A iniciativa faz parte de uma parceria da empresa com a organização sem fins lucrativos 100 Resilient Cities, financiada pela Fundação Rockefeller.

Criada em 2013, a 100 Resilient Cities ajuda grandes metrópoles a se preparar para o futuro, tanto social quanto economicamente. A ideia principal da entidade é mostrar às pessoas que é necessário "capacitar indivíduos, comunidades, instituições, empresas e sistemas dentro de uma cidade do século 21 para que ela possa sobreviver, se adaptar e crescer, não importa que tipo de estresse crônico e choques agudos experimente". Isso inclui qualquer coisa que afete a capacidade de prestação de serviços da cidade, desde alterações climáticas e desastres naturais até crime urbano e transporte público.

"Em 2050, três quartos de toda a população mundial estará vivendo em cidades", disse Max Young, diretor de comunicação da organização à revista Wired. "O que oferecemos é o conjunto de parceiros da plataforma que prestam serviços gratuitos para a cidade e fornecemos profunda expertise", completou.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"Levaremos oficinas a várias cidades durante um período de tempo para compartilhar o que aprendemos ao operar alguns dos maiores data centers do mundo", afirmou Rob Bernard, estrategista-chefe de ambiente e cidades da Microsoft.

Para o diretor da 100 Resilient Cities, Michael Berkowitz, "à medida que governos se tornam cada vez mais dependentes de comunicações e comércio digitais, a segurança cibernética surgiu como uma prioridade para nossos municípios". "Em parceria com líderes da indústria, tais como a Microsoft, estamos ajudando nossas cidades a criar resistência para que possam servir melhor seus cidadãos em bons e maus momentos, além de ajudar a enfrentar os desafios de um mundo do século 21", explicou.

Ainda não foram divulgadas quais empresas entrarão como parceiras da iniciativa, tampouco a data em que os cursos começarão a ser ministrados. Mesmo assim, o site da ONG já mostra as cidades que receberão a iniciativa. No Brasil, as cidades apoiadas pelo projeto são Rio de Janeiro e Porto Alegre. Na América Latina, a campanha ainda engloba Quito, no Equador; Santa Fé, na Argentina; Medellin e Cali, na Colômbia; e a região metropolitana de Santiago, no Chile. A lista completa de cidades que participam do projeto pode ser acessada neste link.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.