Microsoft vai oferecer cursos gratuitos de cibersegurança em 100 cidades

Por Redação | 16.01.2015 às 17:15
photo_camera Divulgação

Com o objetivo de reforçar a segurança digital em várias partes do mundo, a Microsoft anunciou nesta quinta-feira (15) um projeto que levará workshops gratuitos sobre cibersegurança para 100 cidades ao redor do globo. A iniciativa faz parte de uma parceria da empresa com a organização sem fins lucrativos 100 Resilient Cities, financiada pela Fundação Rockefeller.

Criada em 2013, a 100 Resilient Cities ajuda grandes metrópoles a se preparar para o futuro, tanto social quanto economicamente. A ideia principal da entidade é mostrar às pessoas que é necessário "capacitar indivíduos, comunidades, instituições, empresas e sistemas dentro de uma cidade do século 21 para que ela possa sobreviver, se adaptar e crescer, não importa que tipo de estresse crônico e choques agudos experimente". Isso inclui qualquer coisa que afete a capacidade de prestação de serviços da cidade, desde alterações climáticas e desastres naturais até crime urbano e transporte público.

"Em 2050, três quartos de toda a população mundial estará vivendo em cidades", disse Max Young, diretor de comunicação da organização à revista Wired. "O que oferecemos é o conjunto de parceiros da plataforma que prestam serviços gratuitos para a cidade e fornecemos profunda expertise", completou.

"Levaremos oficinas a várias cidades durante um período de tempo para compartilhar o que aprendemos ao operar alguns dos maiores data centers do mundo", afirmou Rob Bernard, estrategista-chefe de ambiente e cidades da Microsoft.

Para o diretor da 100 Resilient Cities, Michael Berkowitz, "à medida que governos se tornam cada vez mais dependentes de comunicações e comércio digitais, a segurança cibernética surgiu como uma prioridade para nossos municípios". "Em parceria com líderes da indústria, tais como a Microsoft, estamos ajudando nossas cidades a criar resistência para que possam servir melhor seus cidadãos em bons e maus momentos, além de ajudar a enfrentar os desafios de um mundo do século 21", explicou.

Ainda não foram divulgadas quais empresas entrarão como parceiras da iniciativa, tampouco a data em que os cursos começarão a ser ministrados. Mesmo assim, o site da ONG já mostra as cidades que receberão a iniciativa. No Brasil, as cidades apoiadas pelo projeto são Rio de Janeiro e Porto Alegre. Na América Latina, a campanha ainda engloba Quito, no Equador; Santa Fé, na Argentina; Medellin e Cali, na Colômbia; e a região metropolitana de Santiago, no Chile. A lista completa de cidades que participam do projeto pode ser acessada neste link.