Microsoft inaugura centro de combate ao cibercrime

Por Redação | 15 de Novembro de 2013 às 13h05

A Microsoft iniciou as atividades do seu centro de combate ao cibercrime, localizado no campus da gigante em Redmond, nos Estados Unidos. O centro tem por objetivo conter o avanço de malwares, combater o roubo de propriedade intelectual, botnets e outras ameaças.

Ao lado de parceiros, o foco será mitigar algumas das táticas mais invasivas usadas por criminosos e assim melhorar a experiência do usuário final, tanto doméstico quanto corporativo. Os parceiros incluem membros da indústria, especialistas, consumidores e outros.

Centro de Combate ao Cibercrime da Microsoft

"O Microsoft Cybercrime Center é onde nossos especialistas se reúnem com consumidores e parceiros com foco em apenas um objetivo: manter as pessoas seguras online", disse David Finn, responsável pela divisão de cibercrimes da Microsoft.

"Através de ferramentas sofisticadas e tecnologia em conjunto com as habilidades certas e novas perspectivas, seremos capazes de tornar a internet mais segura para todos", completa. Até agora, o trabalho da Microsoft testemunhou a derrubada das piores botnets já vistas.

Em 2009, a gigante de Redmond já começava seu trabalho contra crimes online com o lançamento do PhotoDNA, um serviço que reúne esforços no combate à distribuição ilegal de imagens de abuso infantil ao redor do mundo. Agora o trabalho de combate ao cibercrime acaba de se expandir com o novo centro.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.