McAfee lança programa de segurança online para terceira idade

Por Redação | 25.07.2014 às 11:30

A McAfee, empresa integrante da Intel Security, realizou uma pesquisa nos Estados Unidos onde identificou uma grande participação da terceira idade na internet. No entanto, muitas dessas pessoas possuem um comportamento de risco. Com isso, a empresa criou o programa de Segurança Online para Terceira Idade, onde irá utilizar funcionários da McAfee e da Intel como voluntários para ensinarem usuários seniores a manter a segurança na rede.

Segundo o estudo “Fifty Plus Booms Online” da McAfee, que analisou o comportamento de indivíduos entre 50 e 75 anos nos Estados Unidos, este público gasta mais de cinco horas diárias na internet e 80% deles estão presentes nas mídias sociais.

Entre os idosos online, mais da metade compartilha voluntariamente informações pessoais com pessoas com as quais nunca tiveram contato pessoalmente. Entre esta parcela dos entrevistados, 97% se conectam diariamente à internet, com 88% considerando a conexão segura. No entanto, foram identificados diversos comportamentos de risco. Outros 72% acreditam que as redes sociais podem deixá-los vulneráveis a fraudes. A empresa identificou que 52% dos entrevistados compartilham endereço de e-mail, 27% o número de telefone celular e 26% o endereço residencial.

A terceira idade também avançou no uso de dispositivos móveis para compartilhamento de informações. Aproximadamente 24% dos idosos que têm o celular utilizam serviços como envio de mensagem de texto, e-mails ou fotos. Em contrapartida, mais de 30% não garantem a segurança do dispositivo com um software antivírus ou senhas, por exemplo.

Para Michelle Dennedy, Chief Privacy Officer da McAfee, a internet oferece muitas oportunidades aos idosos. “No programa Senior Citizens ensinamos a eles dicas de como devem permanecer em segurança online, como criar senhas fortes, identificar fraudes na Internet e interagir com segurança em sites de mídia social”, afirmou ela.

A McAfee também fornece algumas dicas simples, mas importantes para manter a segurança online. A principal é não revelar informações pessoais na web, como em redes sociais. Também é importante ter uma senha em smartphones e tablets caso eles sejam roubados ou perdidos, alterando a senha em intervalos de tempo. As configurações de privacidade também devem ser adaptadas para que apenas amigos tenham acesso as publicações.

O programa Senior Citizens será promovido apenas nos Estados Unidos.